Murray vence Djokovic e encerra espera britânica de 77 anos

domingo, 7 de julho de 2013 14:07 BRT
 

LONDRES, 7 Jul (Reuters) - O tenista escocês Andy Murray venceu o croata Novak Djokovic por 3 setes a 0, com parciais de 6-4, 7-5 e 6-4, neste domingo e se tornou o primeiro britânico campeão do torneio masculino de simples de Wimbledon desde 1936.

Murray, segundo cabeça de chave, quebrou o serviço do favorito Djokovic duas vezes no primeiro set na Quadra Central e confirmou o saque para fechar a parcial em exatamente uma hora.

Djokovic recuperou-se rapidamente e abriu 4 a 1 no segundo set antes de Murray reagir com mais duas quebras para fazer 7-5.

Murray abriu 2 a 0 no terceiro set com Djokovic parecendo derrotado, mas o sérvio ganhou quatro games seguidos. Murray respondeu com duas quebras de serviço e sacou para o jogo em 5-4.

O escocês chegou a abrir 40 a 0, mas Djokovic salvou todos os três pontos do campeonato antes de Murray concretizar a vitória na quarta tentativa. A partida durou três horas e 49 minutos. "Foi um dos momentos mais difíceis, foi uma partida incrivelmente difícil", disse Murray ainda na quadra depois de levantar o troféu.

"Não sei como consegui fazer aqueles últimos três pontos. Estou muito feliz".

"Joguei contra Novak várias vezes e, quando todos terminam de brigar, ele ainda está de pé, lutando", acrescentou o escocês. "E foi isso que aconteceu hoje e foi o que tornou a partida tão difícil. Eu entendo o quanto as pessoas esperaram para ver um britânico vencer em Wimbledon e espero que todos tenham gostado".

Djokovic foi elegante na derrota."Parabéns a Andy, que absolutamente mereceu. Jogou de forma incrível", afirmou o vencedor de seis títulos de Grand Slam.

"Sei o que significa para todos vocês, no país inteiro (a vitória). Então, parabéns. É uma grande conquista. Eu dei o meu melhor e foi uma honra participar desta partida, desta final".