Raikkonen tem problemas no rádio, e Mercedes decepciona

domingo, 7 de julho de 2013 14:58 BRT
 

NUERBURGRING, 7 Jul (Reuters) - Kimi Raikkonen precisou lidar com um rádio defeituoso enquanto tentava perseguir o vencedor do GP da Alemanha, Sebastian Vettel, mas o piloto da Lotus acabou muito mais satisfeito que os rivais da Mercedes, que fracassou em sua corrida em casa.

O finlandês apostou em uma troca de pneus no fim da corrida para tentar impedir o campeão do mundo e atual líder do campeonato de vencer a sua corrida em casa pela primeira vez, neste domingo, mas faltou um pouco de tempo.

Vettel reconheceu que poderia ter sido ultrapassado caso a corrida tivesse mais duas voltas, mas isso não confortou Raikkonen, cujo time mais uma vez correu acima das expectativas. Após nove das 19 corridas previstas, o campeão de 2007 está em terceiro com 41 pontos a menos que o alemão.

"Infelizmente, havia muito a ser discutido e (o rádio) não funcionou", ele falou, sobre as dificuldades de organizar o pit stop com um rádio meio-quebrado. "Tive muitos problemas de rádio. Eu conseguia ouvi-los, mas eles não conseguiam me ouvir".

Raikkonen está na disputa pela vaga do australiano Mark Webber na equipe Red Bull, de Vettel, no ano que vem, mas o piloto de 33 anos quer alcançar a glória na inconsistente Lotus.

"Foi bom para o time, não tanto para o meu campeonato", disse. O seu companheiro Romain Grosjean terminou em terceiro.

A Mercedes adoraria ter tido um domingo como igual ao da Lotus. A vitória de Nico Rosberg em Silverstone no último final de semana e a pole position de Lewis Hamilton na Alemanha, no sábado, alimentaram as esperanças da torcida da Mercedes.

O alemão Rosberg classificou-se apenas em 11º e subiu apenas duas posições na corrida, enquanto Hamilton foi superado pelas duas Red Bulls na primeira curva, caiu no grid e acabou eventualmente em quinto.

O diretor de esportes a motor da Mercedes, Toto Wolff, culpou as temperaturas altas.   Continuação...