July 14, 2013 / 4:59 PM / in 4 years

Sauber permanecerá na F1 "por muitos anos", garante fundador da equipe

3 Min, DE LEITURA

BERNA, 14 Jul (Reuters) - Mesmo com problemas financeiros graves que deixaram fornecedores na mão, a equipe suíça Sauber deve continuar na Fórmula 1 por "muitos anos", garantiu o fundador e atual presidente do conselho da escuderia, Peter Sauber, em entrevista neste domingo.

Sauber, que confirmou ter feito viagens com a chefe de equipe Monisha Kaltenborn a Moscou, disse que as negociações por um novo parceiro para a escuderia estão próximas de um final feliz.

"Nós não apenas esperamos chegar ao fim desta temporada, como também permanecer na Fórmula 1 por muitos anos", disse Sauber ao jornal suíço Blick. "E estou convencido disso."

"As negociações estão próximas do fim. Estou certo de que vamos nos recuperar financeiramente."

Apesar das visitas a Moscou, Sauber não quis comentar se o futuro parceiro será ou não russo.

"Não quero dar minha opinião sobre isso. Está claro, apenas, que precisamos de um grande parceiro, um forte parceiro", afirmou.

A escuderia se viu sozinha na Fórmula 1 quando a BMW desfez a parceria que tinham em 2009 e se retirou da categoria.

"A situação é uma das mais complicadas desde que entrei no automobilismo", admitiu Sauber.

"Para muitos, fomos um ótimo e confiável parceiro por anos. Obviamente, peço desculpas aos fornecedores que tiveram de esperar por esse dinheiro. Por outro lado, não tivemos que demitir ninguém até o momento e estamos pagando os salários em dia", acrescentou.

Sauber deixou a chefia da equipe nas mãos de Monisha Kaltenborn, a única mulher chefe de escuderia na Fórmula 1.

Como equipe independente, a Sauber nunca ganhou um Grande Prêmio desde que entrou na F1 em 1993, mas a BMW-Sauber teve seu grande momento em 2008, com a vitória de Robert Kubica no Canadá.

Para Peter Sauber, a escuderia deve se sentir encorajada pela performance do último GP da Alemanha, quando Niko Hulkenberg foi o décimo e Esteban Gutierrez terminou em 14º.

"Nós começamos a temporada com um carro muito lento. Esse é o principal problema", admitiu Sauber. "E aí os problemas financeiros frearam nossa evolução. Mas a corrida em Nurburgring foi um passo à frente. Nós vamos voltar. Em todos os aspectos."

Reportagem de Brian Homewood

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below