Chelsea faz oferta para tirar Rooney do Manchester United

quarta-feira, 17 de julho de 2013 14:36 BRT
 

LONDRES, 17 Jul (Reuters) - O Chelsea fez uma oferta em dinheiro para tirar o atacante Wayne Rooney do Manchester United, disse o técnico do time londrino, José Mourinho, nesta quarta-feira.

O treinador português disse que o clube fez uma oferta pelo jogador de 27 anos, que segundo rumores está insatisfeito com sua situação no United.

O técnico do Chelsea disse que nenhum outro jogador está envolvido na proposta e afastou especulações de que o espanhol Juan Mata ou o brasileiro David Luiz seriam oferecidos como contrapeso na transação para trazer Rooney ao Chelsea.

"O Chelsea está interessado neste jogador, fez uma oferta por ele e, o que fizemos, fizemos oficialmente", disse Mourinho ao site do clube (www.chelseafc.com).

"Agora não temos mais nada a dizer, queremos o jogador, fizemos uma oferta e agora depende do Manchester United... Não queremos tornar a oferta pública, mas é um certo montante em dinheiro e não envolve jogadores ou jogadores na possibilidade de negociação. Nem Juan Mata, nem David Luiz."

Segundo relatos da imprensa britânica, Rooney está irritado e confuso com sua situação atual. Isso aconteceu após comentários do novo treinador do United, David Moyes, que sugeriu que Rooney é reserva do artilheiro do Campeonato Inglês na última temporada, o holandês Robin van Persie.

Na semana passada Moyes disse: "Em geral, meu pensamento sobre Wayne é que se por qualquer razão tivermos uma lesão em Robin van Persie, vamos precisar dele".

Mourinho disse não saber a resposta do United para a proposta por Rooney. "Agora sigo tentando melhorar meus jogadores e veremos o que vai acontecer", afirmou.

"De mim nenhum comentário mais a respeito do Manchester United, meu colega David Moyes e meus jogadores... Confio nos meus jogadores e estou feliz com eles e, no que diz respeito a esta proposta, quero ser respeitoso."

A imprensa britânica disse nesta quarta-feira que o presidente-executivo do United, Ed Woodward, deixou a pré-temporada do clube na Austrália para tratar de assuntos relacionados a transferências.

(Reportagem de Toby Davis)