Sebastian Coe pede maior punição para atletas pegos no doping

domingo, 21 de julho de 2013 15:09 BRT
 

LONDRES, 21 Jul (Reuters) - O ex-atleta bicampeão olímpico Sebastian Coe quer que a suspensão dos atletas flagrados no exame antidoping aumente de dois para quatro anos, afirmou ele neste domingo.

"Temos que mudar de dois para quatro anos, como era antigamente. Essa redução fez muito mal ao meu esporte", disse Coe, que foi presidente do Comitê dos Jogos Olímpicos de Londres no ano passado, em entrevista ao programa esportivo Five Live da BBC Radio.

Coe fez os comentários depois que os velocistas Tyson Gay (EUA) e Asafa Powell (Jamaica), ambos medalhistas olímpicos e campeões mundiais, testaram positivo em exames realizados no início do mês. Os dois não disputarão o Mundial de Atletismo em Moscou, em agosto.

Coe, que venceu os 1.500 metros em Moscou-1980 e em Los Angeles-1984 e agora é vice-presidente da Associação Internacional de Federações do Atletismo (IAAF, na sigla em inglês), mostrou-se preocupado com a falta de credibilidade no esporte.

(por Mike Collett)