Morre ex-dirigente dos tempos de Pelé no futebol norte-americano

domingo, 21 de julho de 2013 16:56 BRT
 

21 Jul (Reuters) - Phil Woosnam, ex-dirigente da antiga North American Soccer League (NASL) e que viu o futebol nos Estados Unidos contar com Pelé e várias outras estrelas internacionais entre os anos 1970 e 1980, morreu na última sexta-feira, de acordo com comunicado da NASL emitido neste domingo em seu site.

Woosnam, que foi dirigente da entidade entre 1969 e 1982 e também foi técnico da equipe masculina norte-americana, tinha 80 anos e morreu em Marietta, Georgia.

"Phil Woosnam foi um verdadeiro pioneiro para o futebol dos Estados Unidos em todos os aspectos, e sua contribuição para o esporte neste país foi imensurável", disse o dirigente da NASL Bill Peterson no comunicado do site. "Ele trouxe o futebol a novos e desconhecidos territórios e, através da sua paixão, levou o esporte nos ombros durante muitos anos."

Depois de uma bem sucedida carreira como jogador na Inglaterra, onde atuou por times como Leyton Orient, West Ham e Aston Villa, Woosnam foi para os Estados Unidos e se tornou técnico do Atlanta Chiefs em 1968, vencendo o primeiro prêmio de treinador do ano pela NASL.

Depois, ele virou dirigente da entidade na temporada seguinte e seguiu no cargo por 14 anos, elevando o status do esporte na América do Norte (EUA e Canadá) ao negociar o primeiro contrato com a televisão e dar as boas-vindas a grandes estrelas internacionais como Pelé e Franz Beckenbauer.

(por Steve Keating)