Bolt diz que deseja inspirar fãs cansados do doping

quinta-feira, 25 de julho de 2013 15:01 BRT
 

Por Mitch Phillips

LONDRES, 25 Jul (Reuters) - O recordista mundial de atletismo Usain Bolt disse nesta quinta-feira que vai erguer a bandeira de um esporte livre do doping durante prova da Liga Diamante em Londres, após sofrer uma enxurrada de perguntas sobre os escândalos que mancharam o esporte.

Bolt vai disputar os 100 metros rasos na sexta-feira e o revezamento 4x100m no sábado, mas o principal tema de uma entrevista coletiva realizada num hotel londrino nesta quinta foi o doping recente dos compatriotas jamaicanos Asafa Powell e Sherone Simpson, assim como do norte-americano Tyson Gay.

"Acontecem coisas na vida e as pessoas cometem erros, mas como atleta é preciso ter muito cuidado e ser consciente. É difícil, mas é por isso que se tem uma equipe, para te ajudar com essas coisas", disse Bolt.

O jamaicano disse que havia conversado rapidamente com Powell, ex-recordista mundial dos 100m, para dizer a ele que se mantenha firme apesar dos problemas.

Questionado se acha que o público confiará nele em meio a tantos casos de doping no atletismo, Bolt disse em tom confiante: "Se vocês me seguissem desde 2002 saberiam que tenho feito coisas fenomenais desde os 15 anos e batendo recordes o tempo todo."

"Nasci para inspirar as pessoas e para correr, recebi um dom para isso. Vou continuar correndo e usando meu talento, e ajudando o esporte... Sei que estou limpo e que só quero melhorar o esporte, e isso é o que vou fazer."