Button vê GP da Bélgica como melhor chance para a McLaren

sexta-feira, 26 de julho de 2013 10:52 BRT
 

Por Alan Baldwin

BUDAPESTE, 26 Jul (Reuters) - Apesar da má fase, a McLaren ainda tem chances de vencer uma corrida nesta temporada, e as apostas para isso estão concentradas no GP da Bélgica, em agosto, segundo avaliação do piloto Jenson Button.

O campeão de 2009, que ainda não passou do quinto lugar em nove provas neste ano, disse a jornalistas no GP da Hungria que não descarta uma volta ao topo do pódio na atual temporada.

"Ainda queremos ganhar uma corrida, e acho que podemos ganhar uma corrida", disse o britânico. "Então não vai ser um ano completamente ruim. A última corrida (na Alemanha) para nós foi um bom passo à frente, e o moral está elevado depois daquela corrida, o que é bom de ver. Obviamente, ainda não vamos ficar felizes ao terminar em quinto ou sexto, queremos brigar por vitórias."

Ele disse que, na Bélgica, a McLaren receberá algumas peças que ajudarão a equipe a "chegar mais perto da frente".

"Não sei como ficaremos aqui em termos de onde vamos terminar, mas Spa é uma corrida na qual estou realmente interessado e animado em brigar por um pódio, e acho que esse precisa ser nosso objetivo", disse o piloto de 33 anos.

Button foi quinto colocado na China, terceiro GP da temporada, e sexto na Alemanha, há três semanas. São resultados medíocres para os padrões da McLaren, que terminou a temporada passada com o carro mais rápido e uma vitória de Button no Brasil.

Em vez de desenvolver aquele carro, a equipe optou por uma renovação completa, e acabou perdendo o rumo, enquanto outras optaram pelo caminho da evolução.

Com oito títulos de construtores e 12 de pilotos na sua história, a McLaren já passou por crises anteriormente, e em 2006 chegou a ficar uma temporada inteira sem vencer.

Em 2004, sua única vitória, com Kimi Raikkonen, foi justamente na Bélgica --próxima prova depois da Hungria.

"O principal objetivo é vencer um grande prêmio neste ano, e Spa é, no momento, provavelmente a melhor corrida para buscarmos isso", disse Button.