Hamilton fica perplexo com vitória "milagrosa" na Hungria

domingo, 28 de julho de 2013 18:58 BRT
 

Por Alan Baldwin

BUDAPESTE, 28 Jul (Reuters) - Lewis Hamilton disse que seria um milagre vencer o GP da Hungria, neste domingo, mas no fim acabou sendo mais um caso de alquimia.

Os pneus que o vinham atormentando levaram-no ao triunfo.

"Eu vim para cá dizendo e rezando que esse pneus nos deixariam mais perto da vitória, e não mais longe, e parece que foi isso que eles fizeram", disse a repórteres após sua primeira vitória com a Mercedes.

"Para uma equipe que realmente tem dificuldades com a degradação dos pneus, hoje foi um passeio no parque. Estou realmente perplexo", acrescentou o campeão mundial de Fórmula 1 de 2008.

Uma corrida sufocante talvez seja uma descrição mais precisa, com as temperaturas na pista chegando a 50 graus celsius e o ar aproximando-se dos 35, mas Hamilton estava tão tranquilo quanto os outros.

Nas últimas 20 voltas, segundo ele, bebeu muita água e foi capaz de "se refrescar de verdade".

"Chegamos aqui com atualizações e trabalhos constantes para entendermos os pneus. Acho que conseguimos e eles trabalharam para nós. Eu realmente não estava esperando isso", disse o britânico.

Ele descreveu vencer pela Mercedes, após 21 primeiros lugares com a McLaren, como um sentimento "que realmente tranquiliza e relaxa".

"As experiências que tive com a McLaren foram algumas das melhores, mas acho que esse é um dos pontos altos da minha carreira até aqui", acrescentou. "Chegar em um novo time, um time que estava com muitas dificuldades ano passado, e finalmente vencer com ele depois de nove ou dez corridas é um ótimo sentimento".

A Pirelli usou pneus modificados na Hungria pela primeira vez após uma série de estouros no GP do Reino Unido, mês passado, em Silverstone.

 
Piloto britânico da equipe Mercedes Lewis Hamilton posa para foto com seu troféu após vencer o Grande Prêmio da Hungria de Fórmula, no circuito Hunagoring, em Mogyorod, próximo a Bucareste. Hamilton disse que seria um milagre vencer o GP da Hungria, neste domingo, mas no fim os pneus que o vinham atormentando levaram-no ao triunfo. 28/07/2013. REUTERS/Bernadett Szabo