August 4, 2013 / 4:02 PM / 4 years ago

Del Potro vai encarar Isner na final do torneio de Washington

3 Min, DE LEITURA

Por Steve Ginsburg

WASHINGTON, 4 Ago (Reuters) - Principal cabeça-de-chave no ATP de Washington, o tenista argentino Juan Martin Del Potro aproveitou o atraso ocasionado pela chuva para bater o alemão Tommy Haas com parciais de 7-6(4) e 6-3 no sábado e chegar à final do Citi Open, que distribui 1,3 milhões de dólares ao campeão.

Agora, Del Potro vai encarar o americano John Isner, que se aproximou de seu segundo título em menos de duas semanas ao disparar 29 aces e despachar o russo Dmitry Tursunov, com parciais de 6-7 (7) 6-3 e 6-4.

No primeiro set, Haas saiu na frente do argentino e abriu 4-1, mas a chuva que caiu em Washington atrasou o jogo em três horas e dez minutos. Quando o jogo voltou, Del Potro venceu quatro games seguidos e assumiu a vantagem de 5-4.

Terceiro cabeça-de-chave, Haas reagiu rapidamente e devolveu a quebra para se manter no set, mas o argentino reafirmou sua superioridade no tiebreak ao arrasar o adversários nos primeiros quatro pontos e levar a parcial em 7-4.

Já no segundo set, Del Potro quebrou o saque do alemão de 35 anos, abriu 5-3 e, com tranquilidade, sacou para fechar a partida.

Na outra semifinal, Isner teve aproveitamento de 67% em seu primeiro saque, apenas uma dupla falta e nenhum break point contra para mandar Tursunov de volta para casa após duas horas de tênis.

Isner, oitavo cabeça-de-chave do torneio, e que já havia vencido o ATP de Atlanta na última semana, é o principal tenista norte-americano da atualidade, ocupando a 20ª colocação no ranking.

O gigante de 28 anos não poderia fechar a partida contra Tursunov de outra maneira que não com mais um ace devastador na quadra dura de Washington.

Agora, Isner se concentra para enfrentar Del Potro, que ele nunca derrotou em três confrontos até aqui.

"Ele saca muito bem, mas devolve muito bem também", destacou Isner. "Del Potro tem muita força para acertar a bola no fundo de quadra. Não à toa ele é o sétimo melhor do mundo. É excelente."

Isner, no entanto, tem a seu favor um recorde de oito vitórias consecutivas.

"Eu tenho sacado maravilhosamente bem nestas últimas semanas, em Atlanta e aqui, e é isso que me levou até aqui", disse. "É o saque que me mantém vivo na maioria das partidas."

"Eu sinto que estou em um ótimo ritmo de jogo, sacando muito, e esta quadra me ajuda. Estou cheio de confiança e isso é bom", analisou Isner.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below