Turquia suspende 31 atletas por doping

segunda-feira, 5 de agosto de 2013 12:44 BRT
 

5 Ago (Reuters) - A Federação Turca de Atletismo (TAF) suspendeu por dois anos 31 atletas devido a violações relacionadas ao doping, anunciou a entidade nesta segunda-feira.

Pelo menos três dos atletas competiram nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012, incluindo o lançador de martelo Esref Apak, medalhista de prata em 2004.

Punições já eram esperadas após a Associação Internacional de Federações de Atletismo (Iaaf) realizar um grande número de testes antes e durante os Jogos do Mediterrâneo, na cidade turca de Mersin, em junho.

Apak foi um dos oito atletas que testaram positivo após o Campeonato Europeu de Equipes em Gateshead, no mesmo mês.

Na semana passada, o presidente da TAF, Mehmet Terzi, renunciou ao cargo que ocupou por nove anos em face das acusações de doping dirigidas a desportistas turcos.

"Foi considerado que os atletas violaram as rígidas leis antidoping da Turquia, depois de testes realizados pela autoridade antidoping turca (Tada)", disse Ugur Erderner, presidente do Comitê Olímpico Nacional da Turquia e membro do conselho executivo da Agência Mundial Antidoping (Wada), em comunicado.

"A Tada realizou os testes como parte de seus programas antidoping, ou em conjunto com a Iaaf e Wada."

"Este trabalho é parte de uma coordenada, e muito mais agressiva, política antidoping na Turquia, que está em vigor há mais de seis meses e vai ser reforçada com a reacreditação do laboratório antidoping licenciado pela Wada em Ancara ainda este ano."

Erderner disse que um programa de educação antidoping seria introduzido em escolas e faculdades.   Continuação...