7 de Agosto de 2013 / às 17:57 / 4 anos atrás

Cesar Cielo mira recuperar ouro dos 50m livre na Olimpíada do Rio

O nadador Cesar Cielo morde medalhas conquistadas no Mundial de Barcelona durante entrevista em São Paulo nesta quarta-feira.Paulo Whitaker

Por Tatiana Ramil

SÃO PAULO, 7 Ago (Reuters) - Ao conquistar o tricampeonato mundial inédito nos 50 metros livre, Cesar Cielo alcançou uma recuperação na carreira após perder o ouro olímpico da prova no ano passado, e agora se prepara para chegar aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, com chances de retomar o primeiro lugar do pódio.

"Para 2016 não penso em ser o maior atleta do Brasil, penso em continuar nadando mais rápido. Tenho certeza que o Brasil vai ganhar muitas medalha de ouro e, se Deus quiser, eu quero ser uma delas", disse o brasileiro, de 26 anos, em entrevista coletiva em São Paulo nesta quarta-feira.

"Vou treinar muito para continuar baixando esse tempo, porque esse desafio é constante e eterno. Baixar o tempo é o que vai levar a gente a continuar treinando e espero que a gente consiga conquistar tudo isso", completou, projetando mais 4 ou 5 anos de carreira.

Cielo ganhou os 50m livre no Mundial de Barcelona no fim de semana passado, com o tempo de 21s32, recorde da prova após o fim da era dos "supermaiôs". Ele é também o recordista mundial com 20s91, obtido em 2009, quando os nadadores tinham permissão para usar trajes que depois foram proibidos.

O brasileiro, campeão olímpico em Pequim-2008 mas que ficou com a medalha de bronze em Londres-2012 na prova, disse ter ficado surpreso com o desempenho em Barcelona, após passar por uma cirurgia no joelho, no ano passado, quando demonstrou irritação por ter perdido o ouro na Olimpíada. No lugar mais alto do pódio em Barcelona, ele desabafou e chorou copiosamente.

"Foi, sem dúvida, a prova e o pódio mais emocionantes da minha carreira inteira", afirmou.

"Eu ponho tanta pressão e tanta intensidade... Não sei alcançar meu objetivo de outra forma. Eu ponho toda a minha vida para conseguir isso. É o jeito que eu sei fazer e vou continuar fazendo", disse.

Com a vitória no Mundial, Cielo ficou mais confiante e acredita ter mostrado de novo que "vai desafiar a medalha de ouro".

Campeão nos Mundiais de 2009 e 2011, o terceiro título seguido foi conquistado pela primeira vez na história dos 50m livre. O brasileiro ganhou ainda em Barcelona o ouro nos 50m borboleta, repetindo o título de 2011 na prova que não é olímpica.

TÉCNICO NOVO

Depois dos Jogos de Londres, Cielo mudou de técnico. Trocou Albertinho, seu parceiro desde os tempos de adolescente no Pinheiros, pelo norte-americano Scott Goodrich, de apenas 27 anos.

"Tive a sorte de encontrar um cara que comprou uma ideia e que até mudou de país", disse Cielo, explicando que "o profissional fala mais alto nessa hora".

Goodrich, ex-nadador, elogiou a performance do brasileiro no Mundial de Barcelona, mas projeta uma evolução.

"Vejo uma janela de melhora muito grande, principalmente para os membros inferiores. Precisa apertar mais essa explosão de pernas e de saída", declarou o treinador.

Cielo contou que fez viagens preparatórias para o Mundial aos Estados Unidos e à França, bancadas pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB), numa parceria que continuará até 2016.

Para os Jogos do Rio, além dos 50m livre, sua especialidade, o nadador pretende também disputar o revezamento 4x100m livre e acredita que o Brasil tem chances de ir à final.

O nadador vai tirar agora duas semanas de folga da piscina, a pedido do treinador, mesmo que a contra gosto. "O mais importante é sentir falta da água. Para quando voltar, voltar com vontade", afirmou o paulista.

"Espero nestes próximas anos estar 100 por cento nos treinamentos e, com o passar do tempo, que a gente consiga ter um treino sem limitações para fazer tempos cada vez mais rápidos."

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below