Kiplagat conquista medalha de ouro da maratona feminina

sábado, 10 de agosto de 2013 14:30 BRT
 

Por Justin Palmer

MOSCOU (Reuters) - A queniana Edna Kiplagat desafiou o calor, a umidade e uma firme dianteira da italiana Valeria Straneo e se tornou a primeira mulher a manter o título mundial da maratona neste sábado.

Kiplagat, de 33 anos, conquistou a primeira medalha de ouro do campeonato mundial de Moscou depois de assumir o controle da prova, vencendo com o tempo de 2h25min44.

Kiplagat, corredora de passo leve que liderou a chuva de medalhas quenianas no mundial de Daegu em 2011, perseguiu Straneo, de 37 anos, até a marca dos 40km depois que as duas outras protagonistas - a japonesa Kayoko Fukushi e a etíope Meselech Melkamu - saíram da corrida.

Straneo, que passou por uma cirurgia para remover o baço e a vesícula biliar em 2010, não conseguiu acompanhar a líder e levou a prata com 2h25min58. Fukushi chegou em terceiro com 2h27min45 e levou o bronze.

A vitória de Kiplagat compensou a decepção na Olimpíada de Londres, no ano passado, quando ela estava gripada e chegou em vigésima, atrás da etíope Tiki Gelana.

Ela mostrou ter recuperado a forma chegando em segundo na maratona de Londres em abril, mas a temporada ruim de Gelana continuou, já que ela ficou para trás na marca dos 15km. Ela também penou na prova londrina, quando foi derrubada por uma atleta cadeirante no meio da corrida e chegou mancando na 16ª colocação.