Time ucraniano Metalist é excluído da Liga dos Campeões por manipulação

quarta-feira, 14 de agosto de 2013 14:30 BRT
 

BERNA, 14 Ago (Reuters) - O Metalist, da Ucrânia, foi excluído da atual edição da Liga dos Campeões em decorrência de um escândalo de manipulação de resultados em jogos da liga nacional, em 2008, disse a Uefa nesta quarta-feira.

A equipe de Carcóvia disputaria neste mês contra o alemão Schalke 04 uma vaga na fase de grupos da principal competição europeia de clubes. Mas, há dez dias, o clube perdeu um recurso na Corte de Arbitragem do Esporte relativo ao caso de 2008.

O time vice-campeão ucraniano já havia eliminado o grego Paok numa primeira fase eliminatória da Liga dos Campeões. A Uefa disse que uma comissão vai se reunir emergencialmente na quarta-feira para "considerar as consequências da decisão sobre a competição".

O Metalist ainda pode recorrer da decisão da Uefa junto à própria Corte de Arbitragem, mas a decisão pode sair só depois do início da fase de grupos. Em caso de resultado favorável aos ucranianos, a competição poderia mergulhar na confusão.

A Corte de Arbitragem já autorizou a volta do Fenerbahçe à Liga dos Campeões enquanto analisa o mérito de um recurso do clube turco contra uma suspensão de dois anos nas competições europeias, também após um caso de manipulação de resultados. Uma decisão sobre esse caso está prevista para 28 de agosto, um dia depois de o Fenerbahçe fazer o jogo de volta contra o Arsenal na última rodada da fase preliminar.

(Reportagem de Brian Homewood)

 
Foto de arquivo do técnico do time de futebol ucraniano Metalist, Myron Markevich, durante partida contra o Newcastle United, na Cracóvia. O Metalist foi excluído da atual edição da Liga dos Campeões em decorrência de um escândalo de manipulação de resultados em jogos da liga nacional, em 2008, disse a Uefa nesta quarta-feira. 21/02/2013 REUTERS/Gleb Garanich