Assédio do United a dupla do Everton é perda de tempo, diz Martínez

terça-feira, 20 de agosto de 2013 12:46 BRT
 

20 Ago (Reuters) - A tentativa do Manchester United de contratar dois importantes jogadores do Everton é perda de tempo, disse o treinador do clube de Liverpool, Roberto Martínez, nesta terça-feira.

Os comentários do espanhol foram feitos um dias após o diretor de comunicação do Everton, Alan Myers, ter considerado as propostas do United pelo meio-campista belga Marouane Fellaini e o lateral inglês Leighton Baines "ridículas e insultantes".

"Foi bem documentando o que aconteceu com a especulação de transferências, isso já foi tratado e é tudo uma certa perda de tempo --tempo que eu não quero que os meus jogadores percam", disse Martínez à TV do Everton.

O treinador questionou se a janela de transferência ainda deveria permanecer aberta com a temporada em andamento, repetindo uma reclamação feita pelo técnico do Newcastle United, Alan Pardew, que na segunda-feira reclamou da abordagem do Arsenal ao meia Yohan Cabaye.

"Acho que o início da temporada foi importante para nós contra o Norwich (empate por 2 x 2 fora de casa) e eu não quero agora ficar discutindo sobre especulações", afirmou.

De acordo com reportagens, o United, comandando atualmente pelo ex-técnico do Everton David Moyes, ofereceu um total de 28 milhões de libras (43,88 milhões de dólares) por Fellaini e Baines.

O Manchester, que começou a defesa de seu título inglês com uma goleada por 4 x 1 sobre o Swansea City no sábado, ainda não realizou nenhuma grande contratação para esta temporada. Até agora, o time também teve frustrada a tentativa de adquirir o meia do Barcelona Cesc Fàbregas.

(Reportagem de Sonia Oxley)