Pedido de CPI sobre gastos da Copa é devolvido por falta de assinaturas

terça-feira, 20 de agosto de 2013 22:31 BRT
 

SÃO PAULO, 20 Ago (Reuters) - O requerimento pedindo a instalação de uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito para investigar suspeitas de irregularidades nos gastos com a Copa do Mundo de 2014 será devolvido ao autor por falta de assinaturas, disse o presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL).

Em sessão nesta terça-feira, Renan afirmou que a proposta será devolvida ao deputado Izalci Lucas (PSDB-DF), autor do requerimento, por que não reuniu o número mínimo de assinaturas exigido pela Constituição, que é de 27 senadores e 171 deputados, informou a Agência Senado.

No fim de julho, Izalci chegou a anunciar as assinaturas de 186 deputados e 28 senadores. Não foram divulgados os nomes dos parlamentares que retiraram suas assinaturas do requerimento. Com a devolução, o deputado poderá tentar reunir mais assinaturas para viabilizar a CPI.

De acordo com o requerimento, a CPI mista tinha o objetivo de apurar em 180 dias supostas irregularidades no uso de recursos públicos federais nas obras de infraestrutura da Copa das Confederações, realizadas em junho, e da Copa do Mundo de 2014.

Os gastos de 33 bilhões de reais com esses eventos esportivos foram um dos principais motes da onda de manifestações que chegou a levar mais de um milhão de pessoas às ruas de todo o país em um só dia em junho.