August 22, 2013 / 9:29 PM / in 4 years

Seleção brasileira enfrentará Coreia e África do Sul no fim do ano

3 Min, DE LEITURA

RIO DE JANEIRO, 22 Ago (Reuters) - A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) fechou mais dois amistosos até o fim do ano, provavelmente contra Coreia do Sul e África do Sul, preparatórios para a Copa do Mundo de 2014, disse à Reuters nesta quinta-feira o presidente da entidade, José Maria Marin.

Segundo o dirigente, um amistoso com a Coreia do Sul acontecerá na própria Coreia. A data não foi definida, mas a tendência é que seja em outurbo ou novembro.

Em outubro, o Brasil já tem um jogo marcado, contra Gana ou Zâmbia, no estádio Ninho de Pássaro, em Pequim. Outro jogo deve acontecer com a seleção da África do Sul em data e local ainda a serem definidos.

"Já está certo em Pequim, Coreia do Sul, na Coreia, e provavelmente com a África de Sul", afirmou Marin à Reuters.

No mês de setembro, o Brasil vai jogar contra a seleção da Austrália, no dia 7, em Brasília, e, no dia 10, contra Portugal, em Boston, nos Estados Unidos.

Marin comemorou a otimização do estádio Mané Garrincha, palco do amistoso do Brasil com a Austrália. A capital federal não tem muita tradição no futebol brasileiro e poucos clubes de expressão. Para Marin, o Mané Garrincha é um "elefante dourado", numa alusão ao receio que se tinha de que o estádio ficasse ocioso após a Copa das Confederações e do Mundial.

A série de jogos no Mané Garrincha, principalmente de clubes do Rio de Janeiro, criou uma nova preocupação para a CBF: o estado do gramado do Mané Garrincha.

"O próprio (técnico Luiz Felipe Scolari) Felipão e o (coordenador Carlos Alberto) Parreira já falaram isso e alertaram o presidente da federação local", declarou Marin. "Não podemos esquecer que é um estádio e um gramado para a Copa do Mundo", acrescentou.

Outra preocupação é com as taxas cobradas pelo administrador do estádio para receber jogos do Campeonato Brasileiro. "Há um certo descontentamento dos clubes que estão querendo taxas menores", revelou Marin.

O presidente da CBF disse que a ideia da CBF é replicar nas arenas de Manaus e Cuiabá, localizadas em centros menos tradicionais, o modelo usado no Mané Garrincha a partir do ano que vem, quando elas estarão prontas e testadas para o Mundial.

Jogos de estaduais, brasileiro e amistosos podem ser levados para esses estádios. "Vamos fazer isso também dentro da possibilidade com os dois estádios. Quando estiverem prontos, vamos tentar levar e fazer com que as arenas sejam movimentadas", finalizou o dirigente.

Reportagem de Rodrigo Viga Gaier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below