Vettel faz melhor tempo na Bélgica apesar de estouro de pneu

sexta-feira, 23 de agosto de 2013 12:41 BRT
 

Por Alan Baldwin

SPA-FRANCORCHAMPS, Bélgica, 23 Ago (Reuters) - Os pneus da Pirelli foram mais uma vez alvo de polêmica na Fórmula 1, nesta sexta-feira, depois que o tricampeão mundial Sebastian Vettel teve um pneu estourado na segunda parte do treino livre para o Grande Prêmio da Bélgica.

O piloto da Red Bull foi o mais rápido do treino, mas a imagem de Vettel conduzindo o carro com o pneu estourado lentamente de volta para os boxes foi o que mais chamou atenção no circuito de Spa-Francorchamps.

A Pirelli, que precisou reforçar os pneus após uma série de estouros no GP da Grã-Bretanha em junho, disse que o pneu de Vettel tinha furado e que estava investigando o incidente.

O GP da Hungria do mês passado, a última corrida antes de uma pausa na temporada, não registrou nenhum problema relacionado aos pneus, mas o circuito de Hungaroring é um dos mais lentos do campeonato, enquanto a pista de Spa é a segunda mais veloz, exigindo bastante dos pneus.

Antes do incidente, Vettel registrou a volta mais rápida do dia com o tempo de 1min49s331, com o sol aparecendo após uma manhã cinzenta na floresta de Ardenas, onde o clima é sabidamente instável.

O líder do campeonato foi somente 0s059 mais rápido que o segundo colocado, seu companheiro de equipe Mark Webber, mas confortavelmente à frente do francês Romain Grosjean, da Lotus, que ficou em terceiro com 1min50s149.

Na sessão da manhã, Fernando Alonso surpreendeu ao fazer o melhor tempo pela Ferrari, com 1min55s198. O espanhol, terceiro colocado no campeonato após 10 de 19 jogos, ficou apenas em sétimo à tarde. O brasileiro Felipe Massa fez o quarto melhor tempo.

 
Os pneus da Pirelli foram mais uma vez alvo de polêmica na Fórmula 1, nesta sexta-feira, depois que o tricampeão mundial Sebastian Vettel teve um pneu estourado na segunda parte do treino livre para o Grande Prêmio da Bélgica. 23/08/2013. REUTERS/Francois Lenoir