27 de Agosto de 2013 / às 21:59 / 4 anos atrás

Messi deve enfrentar Atlético; técnico quer que Neymar se acostume ao Barça

O jogador Lionel Messi, Barcelona, comemora um gol contra o Levante durante a partida no estádio de Camp Nou em Barcelona. Messi foi incluído no elenco do Barcelona para a segunda partida da Supercopa da Espanha, na quarta-feira, contra o Atlético de Madri, após se recuperar de um problema na coxa sofrido no jogo de ida, que terminou empatado em 1 x 1 na semana passada, no estádio Calderón. 18/08/2013Albert Gea

BARCELONA, 27 Ago (Reuters) - Lionel Messi foi incluído no elenco do Barcelona para a segunda partida da Supercopa da Espanha, na quarta-feira, contra o Atlético de Madri, após se recuperar de um problema na coxa sofrido no jogo de ida, que terminou empatado em 1 x 1 na semana passada, no estádio Calderón.

"No caso de Leo, sim, ele está bem, treinou normalmente", disse o técnico do Barça, Gerardo Martino, em entrevista coletiva nesta terça-feira, antes do confronto entre os campeões do Campeonato Espanhol (Barça) e da Copa do Rei (Atlético).

O retorno de Messi, que perdeu a partida de domingo diante do Málaga, levanta a possibilidade de o argentino e o atacante brasileiro Neymar iniciarem juntos pela primeira vez um jogo oficial.

Martino tem sido cuidadoso ao escalar o ex-jogador do Santos, que atuou cerca de 30 minutos nos últimos três jogos do Barça.

O atacante de 21 anos salvou sua equipe ao sair do banco e marcar o gol de empate, de cabeça, no primeiro confronto contra o Atlético, dando uma ligeira vantagem ao Barça, com um gol marcado fora de casa.

"Ele está pronto, como sempre, e amanhã vamos tomar a decisão", disse Martino, que disputa seu primeiro troféu desde que assumiu, no mês passado, o lugar de Tito Vilanova.

"É o que eu acho melhor levando em consideração a sua chegada, todo o interesse que ele tem gerado, o que ele experimenta todos os dias", acrescentou o treinador de 50 anos.

"Para evitar que ele seja sobrecarregado quando ele ainda está começando a conhecer onde ele está jogando, o clube, os jogadores", disse.

"O Barcelona é um clube muito grande para assumir tal responsabilidade tão rapidamente e eu estou tentando criar as condições para que ele se acostume com isso de uma maneira diferente", declarou o argentino.

"Pretendo fazer dele um jogador do Barça por 10-12 anos, eu não espero que ele resolva meus problemas em um único jogo."

A partida de quarta-feira opõe dois treinadores argentinos, e Diego Simeone, do Atlético, disse anteriormente que esperava que Messi e Neymar jogassem, para o bem do espetáculo.

"Para aqueles de nós que gostam de assistir futebol, espero que Messi jogue, Neymar também é um grande artista", afirmou o ex-meia da Argentina.

"Nós estamos esperando o melhor do Barcelona. Estaremos prontos para o melhor Barcelona", acrescentou o técnico de 43 anos.

"Eles são melhores que nós e têm mais chances de marcar. Temos que nos preparar para isso. O jogo tem 90 minutos e vamos nos focar em como podemos prejudicá-los."

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below