CAS mantém suspensão e Fenerbahçe é vetado de competições europeias

quarta-feira, 28 de agosto de 2013 14:43 BRT
 

ISTAMBUL, 28 Ago (Reuters) - O time turco Fenerbahçe não poderá disputar a Liga Europa nesta temporada devido à decisão da Corte Arbitral do Esporte (CAS) de manter uma suspensão de dois anos por um escândalo de manipulação de resultado, nesta quarta-feira.

A decisão, anunciada dias antes de o Comitê Olímpico Internacional (COI) decidir entre Istambul, Madri e Tóquio para sediar os Jogos Olímpicos de 2020, em 7 de setembro, lança mais uma nuvem sobre a imagem esportiva da Turquia.

A federação de atletismo do país suspendeu também nesta quarta-feira a bicampeã europeia dos 100m com barreiras Nevin Yanit por uso de doping, semanas após ter imposto punições similares a outros 31 atletas turcos.

O Fenerbahçe disse que vai recorrer da decisão da CAS em um tribunal suíço, mas as ações do clube sofreram o impacto da decisão da corte esportiva e caíram até 6 por cento, antes de reduzirem as perdas para 3,5 por cento no fechamento.

Jogando graças a um liminar, o Fenerbahçe foi derrotado pelo Chelsea por 5 x 0 no resultado agregado de duas partidas pela última rodada de classificação para a fase de grupos da Liga dos Campeões.

Uma derrota nesta fase do torneio garantiria vaga na Liga Europa, mas o time turco não poderá disputar a competição devido à decisão da CAS.

A CAS, sediada em Lausanne, na Suíça, disse em comunicado que rejeitou os recursos apresentados pelo Fenerbahçe e pelo time ucraniano Metalist Kharkiv, que também foi banido pela Uefa por envolvimento num caso de manipulação de resultados em 2008.

O Fenerbahçe e o também turco Besiktas foram punidos em junho pela Uefa em consequência de uma investigação sobre um escândalo de manipulação surgido em 2001. O Besiktas, que foi suspenso por uma temporada, também recorreu à CAS e o veredicto é esperado para 30 de agosto.

(Por Daren Butler)

 
Presidente do time de futebol Fenerbahçe, Aziz Yildirim, é visto durante uma coletiva de imprensa em Istambul, na Turquia. O time turco não poderá disputar a Liga Europa nesta temporada devido à decisão da Corte Arbitral do Esporte (CAS) de manter uma suspensão de dois anos por um escândalo de manipulação de resultado, nesta quarta-feira. 27/06/2013 REUTERS/Osman Orsal