Dupla dinâmica do Barça não assusta o Valencia

quinta-feira, 29 de agosto de 2013 12:09 BRT
 

Por Iain Rogers

MADRI, 29 Ago (Reuters) - O prospecto de enfrentar Lionel Messi e Neymar certamente é preocupante para a maioria das equipes, mas o Valencia não deve ficar intimidado pela presença do argentino, eleito o melhor jogador do mundo pelos últimos quatro anos, e do atacante brasileiro no jogo do próximo domingo pelo Campeonato Espanhol.

Lotado com 55 mil pessoas, o estádio Mestalla pode ser bastante intimidador para os visitantes, e o time do técnico Miroslav Djukic espera impor o primeiro revés da temporada aos atuais campeões espanhóis.

A equipe poderá tirar proveito da bem-sucedida tática do Atlético de Madri para deter Messi e Neymar no jogo de volta da Supercopa da Espanha, na quarta-feira, no Camp Nou, em que a dupla começou uma partida junta pela primeira vez.

Apesar de o Barça ter vencido a Supercopa, graças ao gol marcado fora de casa no empate por 1 x 1 da semana passada, o jogo de volta terminou empatado em 0 x 0.

O técnico do Barça, Gerardo Martino, tem sido cuidadoso para não colocar pressão demais sobre Neymar, que antes do jogo de quarta-feita tinha entrado apenas nos últimos 30 minutos dos três primeiros jogos da equipe na temporada.

A expectativa para um show de Messi e Neymar na Supercopa foi frustrada pela eficiente marcação do Atlético, e a dupla terá de buscar novas formas de brilhar para levar o Barcelona ao quinto título espanhol desde 2009 e à conquista da Liga dos Campeões.

"Eles jogaram bem, mas é verdade que não combinaram muito", disse Martino, que substituiu Tito Vilanova no mês passado. "No entanto, não tenho dúvida que eles vão se entrosar no futuro."

O diretor esportivo do Barça, Andoni Zubizarreta, também expressou confiança que o investimento de 57 milhões de euros (76,04 milhões de dólares) em Neymar vai render frutos.

"Neymar está gradualmente encontrado o ritmo", disse o goleiro do Barça e da seleção espanhola à emissora TVE. "Acho que teremos muito mais a aproveitar desta dupla", acrescentou.

 
Jogadores do Barcelona Messi e Neymar se cumprimentam durante partida contra o Santos no estádio Camp Nou, em Barcelona. O prospecto de enfrentar Lionel Messi e Neymar certamente é preocupante para a maioria das equipes, mas o Valencia não deve ficar intimidado pela presença do argentino, eleito o melhor jogador do mundo pelos últimos quatro anos, e do atacante brasileiro no jogo do próximo domingo pelo Campeonato Espanhol. Lotado com 55 mil pessoas, o estádio Mestalla pode ser bastante intimidador para os visitantes, e o time do técnico Miroslav Djukic espera impor o primeiro revés da temporada aos atuais campeões espanhóis. 2/08/2013. REUTERS/Gustau Nacarino