Corte mantém exclusão do Besiktas de torneios europeus

sexta-feira, 30 de agosto de 2013 09:59 BRT
 

ISTAMBUL, 30 Ago (Reuters) - A Corte de Arbitragem do Esporte (CAS) confirmou nesta sexta-feira que o clube turco Besiktas ficará um ano excluído de competições europeias, mantendo a punição adotada pela Uefa após um escândalo de manipulação de resultados.

Na quarta-feira, a mesma corte havia rejeitado um recurso semelhante de outro time de Istambul, o Fenerbahçe, que foi excluído por dois anos de torneios europeus por causa de outro escândalo de manipulação.

Essas revelações, junto com recentes casos de doping no país, maculam a imagem do esporte turco a menos de duas semanas da votação em que Istambul disputará com Madri e Tóquio o direito de sediar a Olimpíada de 2020.

Valendo-se de uma liminar, o Besiktas venceu na quinta-feira o norueguês Tromso, por 2 x 0, pelo jogo de volta da fase preliminar da Liga Europa. O time turco conseguiu um placar agregado de 3 x 2, mas por causa da decisão judicial desta sexta será excluído da fase de grupos da competição.

Em nota, a Uefa disse que o Tromso vai disputar a fase de grupos no lugar do Besiktas, e que o cipriota Apoel venceu um sorteio entre derrotados da fase eliminatória e ficará com a vaga do Fenerbahçe.

O sorteio dos grupos da Liga Europa será feito ainda na sexta-feira.

O Fenerbahçe já anunciou que vai recorrer à Justiça comum da Suíça contra a decisão da CAS. O Besiktas não disse se pretende fazer o mesmo.

(Por Daren Butler)