Morre aos 44 anos ex-boxeador Tommy Morrison, que participou de "Rocky 5"

segunda-feira, 2 de setembro de 2013 16:11 BRT
 

2 Set (Reuters) - O ex-campeão mundial dos pesos pesados Tommy Morrison, que ficou famoso por seus golpes poderosos, pelo sorriso carismático e o papel no filme "Rocky 5", morreu aos 44 anos.

O ex-promotor do boxeador, Tony Holden, disse à publicação Tulsa World que Morrison morreu na noite de domingo em um hospital em Omaha, Nebraska, mas a causa oficial da morte não foi divulgada.

"Ele estava com sua esposa Trisha quando faleceu", disse Holden.

Morrison, com um retrospecto de 48 vitórias em 52 lutas, sendo 42 por nocaute, atingiu o auge de sua carreira ao bater George Foreman, em 1993, para assegurar o título da Organização Mundial de Boxe.

Famoso por seu gancho de esquerda letal e pela aparência de astro de cinema, Morrison registrou outras vitórias notáveis sobre Razor Ruddock, Carl "The Truth" Williams e James "Quick" Tillis, mas perdeu para Lennox Lewis, Ray Mercer e Michael Bentt.

Antes de uma luta em 1996, Morrison testou positivo para o vírus da Aids e teve sua licença de boxe suspensa, até voltar para o ringue 11 anos depois e vencer suas últimas duas lutas profissionais.

Morrison desempenhou o papel de Tommy "The Machine" Gunn em "Rocky 5", depois de Sylvester Stallone o assistir durante uma luta em 1989 e oferecer-lhe um teste no cinema.

(Reportagem de Mark Lamport-Stokes, em Los Angeles)