Dilma recebe seleção brasileira e ergue taça da Copa das Confederações

segunda-feira, 2 de setembro de 2013 19:51 BRT
 

BRASÍLIA, 2 Set (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff recebeu na tarde desta segunda-feira em Brasília a seleção brasileira de futebol e levantou a taça conquistada na Copa das Confederações, em junho.

Ao erguer o troféu, Dilma reclamou do peso.

"A da Copa do Mundo é mais pesada ainda", disse o técnico Luiz Felipe Scolari à presidente, segundo os profissionais de foto e imagem que registraram o momento.

Além de Felipão, estiveram presentes no encontro vários jogadores e o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin.

O atacante Neymar, maior destaque da seleção, não compareceu, porque na manhã de terça-feira vai passar por uma revisão, no Rio de Janeiro, da cirurgia que fez para a retirada das amígdalas.

No sábado, feriado da independência no Brasil, os brasileiros vão enfrentar a seleção da Austrália em amistoso em Brasília. O dia, no entanto, também será marcado por manifestações populares, que eclodiram em junho e chegaram a levar cerca de 1 milhão de pessoas às ruas de todo país.

(Reportagem de Nestor Rabello)

 
A presidente Dilma Rousseff ergue taça da Copa das Confederações ao receber a seleção brasileira em Brasília nesta segunda-feira. REUTERS/Ueslei Marcelino