Calendário provisório da F1 tem Brasil no encerramento em 2014

quinta-feira, 5 de setembro de 2013 12:26 BRT
 

Por Alan Baldwin

MONZA, 5 Set (Reuters) - A Cidade do México está perto de voltar à Fórmula 1 no ano que vem pela primeira vez desde 1992, e o Brasil deve fechar novamente a temporada, de acordo com o calendário provisório da F1 apresentado a equipes e emissoras de TV, com 21 provas.

Fontes das escudeiras, que receberam o calendário do chefe comercial da F1 Bernie Ecclestone, expressaram certo ceticismo com relação ao número de corridas, no entanto.

"Ainda vamos ver qual vai ser cortada", disse um chefe de equipe à Reuters em Monza, onde acontece o Grande Prêmio da Itália no fim de semana -- o último da temporada europeia neste ano.

Se for aprovado pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) da forma que está, em reunião do conselho da entidade na Croácia ainda este mês, o calendário seria o maior da história do esporte.

O recorde de provas numa mesma temporada até agora é de 20, e a maioria das equipes reluta em ir além de 19 corridas --como no calendário deste ano-- devido ao esforço extra que representa para os funcionários.

O México, um novo GP em Sochi, na Rússia, e a Coreia do Sul estão com asteriscos no calendário indicando que ainda dependem da assinatura de contrato ou da aprovação das pistas.

A Índia perdeu a vaga, conforme anunciado anteriormente, enquanto a Áustria está de volta pela primeira vez após 11 anos.

Veja o calendário provisório da F1:   Continuação...