Vettel larga na pole no GP da Itália; Massa é 4º no grid

sábado, 7 de setembro de 2013 13:30 BRT
 

Por Alan Baldwin

MONZA, Itália, 7 Set (Reuters) - Atual campeão da Fórmula 1, Sebastian Vettel garantiu a pole position em uma dobradinha da Red Bull na primeira fila para o Grande Prêmio da Itália neste sábado, abrindo distância de seus adversários.

O australiano Mark Webber estará a seu lado em sua última corrida na Europa, e o alemão Nico Hulkenberg causou grande surpresa ao arrebatar a terceira posição com sua Sauber de motor Ferrari.

Fernando Alonso, maior rival de Vettel na disputa pelo título com uma diferença de 46 pontos para compensar, se classificou em quinto atrás do colega de equipe, o brasileiro Felipe Massa, sob os olhares de Luca di Montezemolo, presidente da Ferrari.

Lewis Hamilton, que venceu na Itália em 2012 com a McLaren e buscava sua quinta pole consecutiva, sequer ficou entre os dez primeiros e larga em 12º com sua Mercedes.

A pole foi a 40ª da carreira de Vettel na categoria e aconteceu em um circuito que Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull, disse no mês passado ser um calcanhar de Aquiles para a escuderia, assim como a da Bélgica.

Mas o alemão Vettel venceu na pista belga, conseguiu sua primeira vitória na F1 em Monza em 2008 com a Toro Rosso e novamente com sua atual equipe em 2011.

"Neste final de semana o carro está fantástico. Alcançamos um ritmo bem forte ontem e conseguimos mantê-lo na classificatória hoje, disse ele aos repórteres. "No fim das contas é um tanto surpreendente ter os dois carros na primeira fila em um lugar no qual, historicamente, tivemos anos ruins. Este ano parece estar dando certo, e com sorte teremos uma boa corrida amanhã."

Já Hamilton balançava a cabeça. "Eu simplesmente pilotei como um idiota. É minha pior pilotagem em muito, muito tempo. Lamento pela equipe", declarou aos repórteres. "Não pilotei bem. Não há muito mais a dizer. Fui rápido na primeira fase e depois não sei. Vou fazer o possível de onde estou, mas vai ser duro", acrescentou o campeão de 2008.

Hulkenberg, que tem sido visto como possível substituto para Massa na Ferrari ao final da temporada, só aumentou suas chances com um desempenho sensacional para sua equipe suíça. O alemão pareceu tão surpreso quanto qualquer outro. "Eu não esperava, especialmente depois de uma sexta-feira difícil. Os rapazes fizeram um trabalho fantástico para melhorar o carro", disse.

Massa, que não vence uma prova desde 2008, deixou claro que não irá atrapalhar Alonso no domingo. "Ele está disputando o campeonato, eu não. Vou fazer o que for importante para a equipe", afirmou.

 
Piloto da Red Bull Sebastian Vettel comemora após conquistar a pole position para o GP da Itália de Fórmula 1 no circuito de Monza. 07/09/2013 REUTERS/Max Rossi