Dinheiro não é problema para sediar Olimpíada, diz Madri ao COI

sábado, 7 de setembro de 2013 15:27 BRT
 

Por Julian Linden

BUENOS AIRES, 7 Set (Reuters) - Madri garantiu ao Comitê Olímpico Internacional (COI) neste sábado que pode bancar os gastos para ser cidade-sede da Olimpíada de 2020, atenuando os temores de que a crise econômica da Espanha torne muito arriscado levar os Jogos para o país.

A equipe de campanha madrilenha, que incluiu a realeza espanhola, políticos e atletas de destaque, fez uma apresentação emocional de 45 minutos aos membros do COI, poucas horas antes da votação que decidirá o vencedor.

Há tempos Madri é vista como zebra na disputa com Tóquio e Istambul por causa do estado da economia espanhola, mas o primeiro-ministro Mariano Rajoy disse ao COI que dinheiro não é problema porque a maior parte das instalações já existe.

"Madri-2020 talvez tenha os alicerces mais sensatos e financeiramente responsáveis na história recente da Olimpíada. Oitenta por cento do investimento necessário já foi feito, e o pouco que falta é totalmente garantido pelo governo da Espanha", disse Rajoy.

"Podemos sediar a Olimpíada de 2020 sem risco para o Movimento Olímpico".

O príncipe Felipe também abordou a economia em seu discurso, dizendo ao COI que os Jogos são um investimento que a Espanha fará com prazer.

"Algumas pessoas começaram a questionar o custo de sediar grandes eventos em tempos de incerteza econômica, mas não vejo isso como uma ameaça, vejo como uma oportunidade", disse. "Precisamos disso agora, como precisamos para as gerações vindouras".

Madri pleiteia os Jogos pela terceira vez consecutiva, tendo perdido para Londres em 2012 e para o Rio de Janeiro em 2016, mas acredita que esta é sua melhor chance.   Continuação...