Alemão Thomas Bach é eleito presidente do COI

terça-feira, 10 de setembro de 2013 14:14 BRT
 

Por Karolos Grohmann

BUENOS AIRES 10 Set (Reuters) - O alemão Thomas Bach foi eleito presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI) nesta terça-feira, tornando-se o nono presidente nos 119 anos de história do comitê ao suceder ao belga Jacques Rogge, que passou 12 anos à frente da entidade.

"Quero ser presidente de todos vocês", disse o alemão enquanto seus companheiros do COI aplaudiam a decisão.

Franco favorito em uma lista de seis candidatos, Bach garantiu a vitória no segundo turno da votação. Ele obteve 49 dos 93 votos, derrotando o porto-riquenho Richard Carrion, que ficou em segundo, com 29 votos.

Empenhado há muito tempo na candidatura, Bach preenchia todos os requisitos. Campeão olímpico de esgrima nos Jogos de 1976, o afável alemão fala vários idiomas e foi o presidente fundador da confederação de esportes olímpicos de seu país, que tem cerca de 28 milhões de membros.

Membro do conselho de várias empresas, Bach também preside a Câmara de Comércio e Indústria Árabe-Alemã e seu envolvimento com o movimento olímpico remonta ao tempo do histórico congresso de Baden-Baden, no qual tornou-se representante dos atletas.

Chefe da comissão jurídica do COI e também da comissão disciplinar, Bach também esteve à frente das sanções por doping, em conformidade com a política de "tolerância zero" de Rogge.