Três espanhóis do atletismo apresentam teste antidoping positivo

quinta-feira, 12 de setembro de 2013 16:49 BRT
 

MADRI, 12 Set (Reuters) - Testes realizados em campeonatos de atletismo espanhol em julho tiveram "resultados analíticos adversos", disse a chefe da agência antidoping do país (Aepsad) à Câmara dos Deputados nesta quinta-feira.

A presidente da Aepsad, Ana Muñoz, não revelou os nomes dos atletas, mas disse que suas licenças foram suspensas, enquanto os procedimentos corretos são seguidos.

Duas das substâncias detectadas acarretam longas proibições, de acordo com as regras da Agência Mundial Antidoping (Wada), e os resultados positivos foram confirmados por um laboratório credenciado pela Wada em Lausanne, na Suíça, acrescentou ela.

Os testes foram os primeiros a serem realizados pela Aepsa desde que lhe foi concedido poder mais amplo na nova legislação antidoping.

A lei é parte do esforço da Espanha para dissipar a percepção de que o país seria brando com casos de doping, vista como uma das razões para o fracasso, na semana passada, da candidatura de Madri pelo direito de sediar os Jogos Olímpicos de 2020.

(Reportagem de Iain Rogers)