Novo presidente do COI deixa cargo de chefe esportivo da Alemanha

segunda-feira, 16 de setembro de 2013 17:25 BRT
 

BERLIM, 16 Set (Reuters) - O recém-eleito presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, deixou o cargo de chefe de esportes da Alemanha nesta segunda-feira, enquanto se prepara para seu novo posto na Suíça.

Bach, eleito por ampla vantagem na sessão do COI da semana passada, também deixou o cargo de chefe da Câmara Árabe-Alemã de Comércio e Indústria, uma posição que causou polêmica antes da votação devido ao apoio aberto do influente membro do COI do Kuweit, xeique Ahmad Al-Fahad Al-Sabah.

"Mais demissões seguirão nos próximos dias", disse uma autoridade da Confederação de Esportes Olímpicos da Alemanha (DOSB).

O dirigente de 59 anos, que se tornou o primeiro alemão a liderar uma grande organização internacional de esportes, foi o presidente fundador da DOSB após a fusão do antigo Comitê Olímpico Alemão e a Confederação Alemã de Esportes, em 2006.

(Reportagem de Karolos Grohmann)