Presidente da Ferrari compara volta de Raikkonen a Niki Lauda

terça-feira, 17 de setembro de 2013 15:56 BRT
 

17 Set (Reuters) - Fernando Alonso foi plenamente informado dos planos da Ferrari para contratar Kimi Raikkonen, e ele e a equipe vão se beneficiar com o retorno do finlandês para Maranello na próxima temporada, disse o presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, nesta terça-feira.

O presidente da Ferrari comparou Raikkonen ao tricampeão mundial aposentado Niki Lauda, ​​que fez uma pausa de dois anos da Fórmula 1 em 1980 e 81 e, em seguida, voltou a vencer outro campeonato.

Raikkonen, campeão mundial em 2007, deixou a Ferrari no final de 2009 e voltou à categoria com a Lotus em 2012 como um candidato ao título novamente após dois anos fora.

A Ferrari anunciou na semana passada que o finlandês assinou um contrato de dois anos, para substituir o brasileiro Felipe Massa.

"Nós não somos tão masoquistas ao assinar com um piloto sem contar a Alonso", afirmou Montezemolo, que trabalhou com Lauda quando o austríaco conquistou dois títulos pela Ferrari nos anos 1970, ao jornal Gazzetta dello Sport em uma longa entrevista.

"Fernando foi sempre mantido atualizado sobre a escolha do Raikkonen", completou.

A contratação de dois campeões é uma grande mudança para a Ferrari, mas Montezemolo, que falou no passado sobre não querer "dois galos no mesmo galinheiro", disse que a alternativa de um jovem piloto era muito arriscada, em uma época como a de 2014, com grandes mudanças de regras, incluindo um novo motor V6.

"Raikkonen é o mais forte de todos, com Alonso, (Sebastian) Vettel e (Lewis) Hamilton", acrescentou. "E Alonso é o primeiro a estar satisfeito com sua chegada."

Alonso tinha deixado claro antes da chegada de Raikkonen neste mês que ficaria feliz se Massa fosse mantido na Ferrari.

(Reportagem de Alan Baldwin)