Alonso afasta interesse da McLaren e diz que ama a Ferrari

sexta-feira, 20 de setembro de 2013 19:15 BRT
 

20 Set (Reuters) - Fernando Alonso reiterou seu amor e lealdade à Ferrari nesta sexta-feira, após a McLaren, escuderia que ele deixou em circunstâncias amargas em 2007, sinalizar que estaria interessada ​​em contratá-lo.

"Eu repito quase todo fim de semana, mas eu continuo a repetir, que eu amo a Ferrari e vou ficar na Ferrari até o final", disse o espanhol, cujo contrato vai até o fim de 2016, a repórteres no Grande Prêmio de Cingapura.

"Eu tenho mais três anos com a Ferrari e espero que muito mais para vir, se pudermos estender o contrato."

O chefe da McLaren, Martin Whitmarsh, tinha dito a repórteres que sua equipe estaria no mercado para trazer o bicampeão mundial se ele quisesse deixar a equipe italiana.

"Sim, se eu pudesse", afirmou ele quando perguntado se queria contratar o espanhol. "Eu acho que a maioria das equipes acima e abaixo deste pitlane ficaria feliz em assinar com Fernando Alonso. Ele é um piloto muito talentoso."

"Espero que no próximo ano nossa dupla de pilotos permaneça a mesma, mas estamos abertos a qualquer coisa", acrescentou. "E a longo prazo, então ele seria um grande trunfo. Acho que Fernando está no controle de seu próprio destino."

A McLaren ainda não confirmou seus pilotos para 2014, embora Whitmarsh tenha declarado que um acordo com o campeão mundial de 2009 Jenson Button já foi fechado. Ainda há dúvidas sobre o futuro do mexicano Sergio Perez na escuderia.

Questionado se a McLaren vai continuar com os mesmos pilotos, Whitmarsh disse: "Há um monte de emoção em torno destas questões, mas sendo realista, é o que eu acho que vai acontecer. Mas vamos ver."

(Reportagem de Alan Baldwin em Londres)

 
O piloto de Fórmula Um Fernando Alonso, da Espanha, dirige durante o segundo treino do Grande Prêmio de Cingapura. 20/09/2013 REUTERS/Edgar Su