El Salvador concede suspensão vitalícia a 14 jogadores por combinação de resultados

sexta-feira, 20 de setembro de 2013 18:54 BRT
 

SAN SALVADOR, 20 Set (Reuters) - A Federação Salvadorenha de Futebol (Fesfut) determinou nesta sexta-feira a suspensão vitalícia de 14 jogadores da seleção devido à participação em combinações de partidas em benefício de redes internacionais de apostas.

Em 21 agosto, a Fesfut suspendeu provisoriamente 22 jogadores enquanto as autoridades realizavam as investigações correspondentes.

Os atletas suspensos por toda a vida são: Luis Anaya, Osael Romero, Ramón Sánchez, Christian Castillo, Miguel Granadino, Miguel Montes, Dagoberto Portillo, Dennis Alas, Darwin Bonilla, Ramón Flores, Alfredo Pacheco, Mardoqueo Henríquez, Marvin González e Reynaldo Hernández.

Entre os punidos se destaca o goleiro Dagoberto Portillo, que era habitualmente titular da seleção de El Salvador.

"O trabalho da comissão disciplinar foi exaustivo, foi valorizado todo tipo de informação surgida de entrevistas, vídeos, testemunhos de pessoas...para buscar os responsáveis e assim chegar a tomar decisões concretas e definitivas", disse em entrevista coletiva Carlos Méndez, presidente da Fesfut.

O dirigente acrescentou que outros três jogadores foram suspensos temporariamente, quatro continuam sob investigação e um foi absolvido das acusações.

As partidas nas quais se comprovou provas de combinações são as derrotas de El Salvador por 2 x 1 para os Estados Unidos, 1 x 0 diante do clube norte-americano DC United, 5 x 0 para o México e 4 x 1 para o Paraguai.

A federação abriu uma janela de 15 dias para que os clubes da liga salvadorenha contratem novos jogadores para substituir os suspensos.

"As seleções nacionais seguirão com sua agenda, os jogadores são passageiros e as instituições são permanentes", completou Méndez.

(Reportagem de Nelson Rentería)