COI diz que Sochi está pronta para Olimpíada, satisfeito sobre lei antigay

quinta-feira, 26 de setembro de 2013 19:52 BRT
 

SOCHI, 26 Set (Reuters) - O Comitê Olímpico Internacional (COI) elogiou nesta quinta-feira as preparações da Rússia para a Olimpíada de Inverno em Sochi, dizendo que as sedes esportivas estão prontas e que os jogos serão uma "experiência fabulosa".

O COI disse em comunicado que a Comissão de Coordenação, ou a equipe de inspeção, deu aos organizadores um retorno positivo em sua mais recente visita à cidade na costa do Mar Negro, antes do início dos jogos em fevereiro.

"Dizemos com frequência que não há tempo a perder na contagem regressiva até a cerimônia de abertura", disse o chefe da comissão de coordenação, Jean-Claude Killy.

"Mas ver o quanto os organizadores locais avançaram nos últimos seis anos é simplesmente notável -os locais de competição estão prontos; o espírito dos jogos está despertando aqui; e os atletas, espectadores e todos os outros que vierem em fevereiro podem esperar uma experiência fabulosa."

Killy também minimizou as preocupações a respeito de uma lei sancionada pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, que proíbe a disseminação entre menores de propaganda homossexual, a qual os críticos dizem ser discriminatória, ameaçando realizar protestos e um boicote.

"Desde que a Carta Olímpica seja respeitada, estamos satisfeitos", disse Killy, campeão olímpico de esqui, na coletiva de imprensa.

Putin prometeu nada menos do que uma Olimpíada "brilhante", que irá expor o quanto a Rússia evoluiu desde o colapso da União Soviética em 1991, e colocou em jogo grande parte do prestígio nacional e pessoal ao apostar no sucesso dos jogos.

Treze sedes oficiais foram construídas, incluindo um estádio para 40 mil pessoas, mais instalações para hockey no gelo, esqui, snowboardig e patinação no gelo. Cerca de 120 mil visitantes são esperados durante os jogos.

Espera-se que os custos da Olimpíada cheguem a 50 bilhões de dólares, muito mais do que o previsto inicialmente e mais do qualquer outra Olimpíada.

(Reportagem de Timothy Heritage)

 
Jean-Claude Killy, chefe da Comissão de Cordenação do COI que monitora o progresso da organização da Olimpíada de Sochi de 2014, e o vice-premiê russo, Dmitry Kozak, realizam coletiva de imprensa, em Sochi. O Comitê Olímpico Internacional (COI) elogiou nesta quinta-feira as preparações da Rússia para a Olimpíada de Inverno em Sochi, dizendo que as sedes esportivas estão prontas e que os jogos serão uma "experiência fabulosa". 26/09/2013. REUTERS/Nina Zotina