Pirelli poderá permanecer como fornecedora de pneus da F1 em 2014

sexta-feira, 27 de setembro de 2013 20:20 BRT
 

LONDRES, 27 Set (Reuters) - A Pirelli pode continuar como única fornecedora de pneus da Fórmula 1 na próxima temporada, afirmou a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) nesta sexta-feira em comunicado no qual também levantou a possibilidade de um único fornecedor de combustível no futuro.

A FIA afirmou que o 'Acordo Concorde' de 2013, que rege o esporte e ainda precisa ser assinado por todas as partes, lhe daria a responsabilidade pela realização de licitações para pneus e combustível.

"A fim de cobrir o período de transição e considerando os contratos já estabelecidos pela FOM (Formula One Management) e as equipes com a Pirelli, o conselho mundial de automobilismo da FIA confirmou hoje que a Pirelli pode continuar a fornecer pneus para os competidores", disse a entidade em um comunicado.

O contrato atual da Pirelli termina no fim da temporada. Seus pneus sofreram críticas pesadas mais cedo neste ano, quando os pilotos sofreram com uma série de explosões.

A empresa italiana já acertou contratos com todas as 11 equipes e o detentor dos direitos comerciais.

"Um dos aspectos notáveis ​​do novo Acordo Concorde 2013 é o novo procedimento para a nomeação de fornecedores únicos nas categorias de pneus e combustível, para o Campeonato Mundial de F1", disse a FIA.

"Neste novo processo, a FIA será confirmada como o órgão responsável pela condução do processo de licitação."

A Ferrari está vinculada durante décadas à gigante petroleira Shell, enquanto Mercedes e Williams são patrocinadas pela empresa da Malásia Petronas e pela venezuelana PDVSA, respectivamente.

(Reportagem de Alan Baldwin)