October 5, 2013 / 7:23 PM / 4 years ago

Serena derrota Radwanska com facilidade e joga final com Jankovic

3 Min, DE LEITURA

MUMBAI, 5 Out (Reuters) - A número um do mundo, Serena Williams, e a sérvia e oitava cabeça de chave Jelena Jankovic se enfrentarão na final do Aberto da China depois de vitórias contrastantes nas semifinais deste sábado.

A norte-americana e primeira cabeça de chave, que já venceu 72 partidas e amealhou prêmios no valor de mais de 9 milhões de dólares (cerca de 19,8 milhões de reais) em 2013, acertou 31 winners e massacrou a polonesa Agnieszka Radwanska em parciais de 6-2 e 6-2.

Já a ex-número um Jankovic teve que se recuperar de um set perdido para obter a primeira vitória de sua carreira sobre a nona cabeça de chave Petra Kvitova em 6-7(7), 6-1 e 6-1.

Serena, de 32 anos, está de olho em seu décimo título na temporada no domingo e recebeu tratamento médico nas costas durante o segundo set, mas não deu descanso para Radwanska.

"Agnieszka joga como se fizesse mágica, manda a bola pra esquerda, pra direita, faz o que quer", disse Serena aos repórteres.

"Então hoje, para mim, era importante tentar ficar na frente dela. Foi o que tentei e estou contente com a maneira como as coisas correram".

Kvitova, que na semana passada conquistou seu segundo título da WTA no ano em Tóquio, pressionou Jankovic no tiebreak e levou o primeiro set, mas uma série de erros no segundo devolveu o ímpeto à sérvia.

"Perdi para ela nas últimas duas vezes que jogamos. Ela sempre me deu muito trabalho e não me deixou jogar meu tênis", disse Jankovic aos repórteres. "Mesmo hoje ela controlou os pontos no primeiro set".

"Eu continuava lá, mas não me sentia à vontade. Mas nos dois sets seguintes senti que a superei e assumi o controle. À medida que a partida transcorria, acho que ela ficou um pouco cansada, e aí eu tinha tudo praticamente nas mãos".

A sérvia, que chegou ao topo do ranking feminino em 2008, não teve pudores para admitir que terá que dar o melhor de si para ter alguma chance contra Serena, que derrotou em quatro de dez ocasiões.

"Ela está numa forma inacreditável. Embora eu a tenha derrotado no passado, acho que ela é a tenista mais difícil de enfrentar", disse Jankovic.

"Ela tem muita experiência, conquistou muitos títulos, quase tudo que há para conquistar".

"Ela é muito forte fisicamente, acho que mais forte que 99 por cento das jogadoras. Domina todos os golpes. Quando está inspirada, é muito difícil derrotá-la".

Por Sudipto Ganguly

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below