Pilotos da Force India pedem desculpas após corrida desastrosa

segunda-feira, 7 de outubro de 2013 17:54 BRT
 

YEONGAM, Coreia do Sul, Out (Reuters) - Os pilotos da Force India, Adrian Sutil e Paul Di Resta, pediram desculpas publicamente aos rivais e colegas neste domingo após um decepcionante Grande Premio da Coreia de Fórmula 1.

Sutil pediu desculpas a Mark Webber, da Red Bull, por atingir o carro do australiano e deixá-lo em chamas, uma vez que o impacto afetou o radiador.

Foi a segunda corrida consecutiva em que Webber teve de abandonar a corrida com o carro em chamas.

"Eu atingi Webber e me desculpo por encerrar sua participação na corrida. Foi uma prova decepcionante porque eu acreditava que ainda não tinha chance de pontuar", disse Sutil, que terminou em 20º apesar de não ter cruzado a linha de chegada.

Di Resta, por sua vez, foi o primeiro a deixar a corrida, na volta de número 24. Foi o sexto GP do escocês sem pontuar.

"Eu devo desculpas ao time. Talvez eu tenha tentado a ultrapassagem muito por fora, e foi isso que me tirou da pista", explicou.

"A maneira como consertamos o carro o deixou muito arisco e difícil de pilotar. Isso dificultou minha vida hoje."

A Force India permanece em sexto no geral, mas agora está mais longe da McLaren, que assinalou cinco pontos e agora tem 81 --19 à frente do time indiano.

(Por Alan Baldwin)