Uruguai mudou mentalidade e não pensa em sofrer na repescagem, diz Suárez

terça-feira, 8 de outubro de 2013 20:21 BRT
 

MONTEVIDÉU, 7 Out (Reuters) - As três vitórias seguidas nas eliminatórias fizeram com que a seleção uruguaia mudasse sua meta, que passou de contentamento com uma repescagem para o sonho de ir à Copa do Mundo de 2014 entre os quatro melhores para não ter que sofrer, disse Luis Suárez.

Restando duas rodadas para o final da classificatória, o Uruguai está na zona de repescagem, mas com grandes opções de subir na tabela.

O Uruguai, que na sexta-feira visitará o Equador e na próxima terça-feira receberá a Argentina, teve uma queda de rendimento na metade das eliminatórias. Em sete datas entre setembro de 2012 e junho de 2013, conquistou apenas dois pontos.

Mas se recuperou com vitórias sobre Venezuela, Peru e Colômbia.

"Há alguns meses, antes de enfrentar a Venezuela, mirávamos a repescagem. Agora preferimos ir direto, pelos resultados que foram bons e com base no bom trabalho que temos", disse Suárez aos jornalistas pouco depois de chegar ao Uruguai.

"Com um ponto nos asseguramos na repescagem, que há três rodadas para nós era um milagre. (Mas) somos conscientes de que temos muitas possibilidades de avançar direto, que é o que queremos, para não seguir sofrendo", completou o atacante do Liverpool.

A "Celeste" está em quinto, com 22 pontos, a mesma quantidade que o Equador, mas com saldo de gols inferior. A Argentina, já classificada, lidera com 29 pontos, seguida por Colômbia (26) e Chile (24).

Os quatro primeiros se classificam diretamente para o Mundial no Brasil, enquanto o quinto disputará uma repescagem contra a Jordânia.

O Uruguai tem decidido sua sorte na repescagem nos últimos anos, avançando para os torneios de 2002 e 2010 e sendo eliminado neste processo no caminho para a Copa de 2006.

(Reportagem de Felipe Llambías)