Djokovic supera Del Potro e defende o título de Xangai

domingo, 13 de outubro de 2013 16:53 BRT
 

(Reuters) - O número 2 do mundo Novak Djokovic foi mágico para superar os golpes fortes do argentino Juan Martin Del Potro e defender o título do Masters de Xangai, neste domingo.

O sérvio triunfou por 6/1, 3/6 e 7/6 (3) para completar uma quinzena brilhante nas quadras duras da China, após também defender o título do aberto da China, em Pequim, na semana passada. Foi a 20a vitória seguida do tenista de 26 anos no país.

Após Del Potro derrotar o número 1 do mundo Rafael Nadal na semifinal do sábado com golpes muito potentes, Djokovic estava esperto desde o começo para evitar conceder ao argentino qualquer espaço para encontrar o ritmo.

O sérvio assumiu o comando da quadra, bateu rápido na bola, fazendo o alto adversário se movimentar de um lado para o outro, e pressionou o serviço do argentino com devoluções fundas.

Djokovic quebrou duas vezes para fazer 5-0 antes de o sexto cabeça de chave finalmente confirmar o seu serviço e registrar um game. O aproveitamento de primeiro serviço do argentino caiu para 56 por cento graças à pressão que Djokovic impôs.

Djokovic rapidamente fechou o set em 34 minutos, mas um rejuvenescido Del Potro revidou no segundo, incomodando o sérvio com golpes muito fortes.

Com bolas vencedoras espetaculares e um serviço melhor, o campeão do US Open de 2009 conseguiu uma quebra importante no começo do set e abriu 3 a 0.

No entanto, Djokovic teve três chances de devolver a quebra em 2/4, mas a monstruosa direita do argentino proporcionou alguns winners cruciais e ele segurou o serviço.

Nenhum deles cedeu um centímetro no começo tenso do terceiro terceiro set, quando os golpes ficaram mais intensos, e Del Potro sentiu o cheiro do seu primeiro título de Masters.   Continuação...

 
Tenista sérvio Novak Djokovic beija o troféu após vencer a final do Aberto de Xangai contra o argentino Martin Del Potro. O número 2 do mundo Novak Djokovic foi mágico para superar os golpes fortes do argentino Juan Martin Del Potro e defender o título do Masters de Xangai, neste domingo. 13/10/2013. REUTERS/Aly Song