Dois gols de Emenike dão vantagem para a Nigéria nas eliminatórias da Copa do Mundo

domingo, 13 de outubro de 2013 16:53 BRT
 

13 Out (Reuters) - A Nigéria saiu atrás, mas virou o jogo contra a Etiópia na primeira partida da última fase das Eliminatórias Africanas, neste domingo, graças a dois gols de Emmanuel Emenike, que ajudaram a equipe a dar um grande passo rumo ao objetivo de se classificar para a Copa do Mundo do Brasil.

No último minuto, um pênalti, consequência de erros defensivos, deu para a Nigéria uma vitória fora de casa e a deixou em situação confortável para o jogo de volta, em Calabar, em 16 de novembro.

Emenike foi derrubado pelo zagueiro Aynalem Hailu no último minuto numa falta clara, e levantou para converter o pênalti sem problemas.

Antes disso, ele havia marcado aos 22 minutos do segundo tempo de fora da área para empatar, depois que o time da casa ficou à frente, aos 11 minutos do segundo tempo.

Um cruzamento do meia esquerda Behailu Asefa foi para o gol da Nigéria e pegou o goleiro Vincent Enyeama desprevinido, forçando-o a agarrar a bola muito perto da linha de gol.

O auxiliar camaronês Yanoussa Mousse, cuja visão estava obstruída pelas costas de Enyeama, imediatamente sinalizou gol para o desespero dos visitantes, mas para o deleite da torcida da casa.

Com a virada, no entanto, a Nigéria tornou-se franca favorita para se classificar pela quinta vez para a Copa do Mundo, terminando um conto de fadas de 18 meses da Etiópia.

Nos outros jogos das Eliminatórias Africanas, Burkina Faso venceu a Argélia por 3x2 e a Costa do Marfin ganhou de Senegal por 3x1, no sábado. Mais tarde neste domingo, a Tunísia recebe Camarões.

(Por Mark Gleeson)

 
Torcedores da Nigéria comemoram durante partida contra a seleção do Malawi pelas eliminatórias para a Copa do Mundo 2014, em Calabar. A Nigéria saiu atrás, mas virou o jogo contra a Etiópia na primeira partida da última fase das Eliminatórias Africanas, neste domingo, graças a dois gols de Emmanuel Emenike, que ajudaram a equipe a dar um grande passo rumo ao objetivo de se classificar para a Copa do Mundo do Brasil. 7/09/2013. REUTERS/Afolabi Sotunde