Balotelli se cansou de estar "no olho do ciclone", diz dirigente

segunda-feira, 14 de outubro de 2013 20:56 BRT
 

14 Out (Reuters) - Mario Balotelli está cansado de estar no olho do furacão, disse o presidente da Federação Italiana de Futebol, Giancarlo Abete, neste segunda-feira, após o atacante ter se envolvido em mais um incidente polêmico.

"É um período exigente para Mario e temos de compreender que a pressão da mídia sobre ele é excessiva", disse Abate à rádio RAI, um dia após o jogador do Milan ter supostamente empurrado um cinegrafista em uma estação de trem de Nápoles.

"Ele não pode dar um passo, ou escrever uma palavra, sem ser interpretado de várias formas diferentes. Ele está cansado de estar no olho do ciclone. Ele é um rapaz de 23 anos que precisa crescer e melhorar, mas a pressão sobre ele é grande demais", acrescentou.

A chegada da Itália a Nápoles no domingo à tarde, para a partida de terça-feira contra a Armênia pelas eliminatórias da Copa do Mundo, foi marcada por cenas de caos.

O elenco foi recebido por uma multidão de repórteres na estação de trem e Balotelli, quem tem o hábito de envolver-se em incidentes polêmicos, aparentemente empurrou um cinegrafista que tocou em sue braço enquanto ele caminhava.

O atacante, que desfalcou a Itália no empate de 2 x 2 na sexta-feira contra a Dinamarca por contusão, está cumprindo suspensão de três jogos no Campeonato Italiano por ter insultado um árbitro no final da partida em que o Milan perdeu por 2 x 1 para o Napoli.

A Itália já está classificada para a Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

(Por Brian Homewood)

 
Jogador do Milan Mario Balotelli reage após converter um pênalti durante partida contra o Ajax válida pela Liga dos Campeões da Europa, no estádio Amsterdam Arena. Balotelli está cansado de estar no olho do furacão, disse o presidente da Federação Italiana de Futebol, Giancarlo Abete, neste segunda-feira, após o atacante ter se envolvido em mais um incidente polêmico. 1/10/2013. REUTERS/Michael Kooren