Chile diz estar determinado a vencer Equador; empate satisfaz os dois

segunda-feira, 14 de outubro de 2013 20:56 BRT
 

SANTIAGO, 14 Out (Reuters) - O Chile prometeu lutar com unhas e dentes para derrotar o Equador na partida de terça-feira pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2014, rejeitando especulações de que poderia buscar um empate que garantiria as duas equipes no Mundial do Brasil.

Ambos os países têm 25 pontos, mas o Equador está em terceiro lugar e o Chile em quarto devido ao saldo de gols.

Se um dos times perder por uma ampla margem de gols na terça-feira em Santiago e o quinto colocado Uruguai (22 pontos) bater a Argentina no mesmo horário, Chile ou Equador poderia ser forçado a disputar uma repescagem contra a Jordânia.

"Queremos nos classificar batendo o Equador ... estamos trabalhando neste sentido", disse o técnico do Chile, Jorge Sampaoli, em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

"Vamos buscar uma vitória, como sempre fazemos. Não me vejo envolvido em uma situação como a que você mencionou", afirmou Sampaoli quando perguntado sobre os rumores de que as duas equipes poderiam acertar um empate para beneficiar os dois.

Os jogadores do Chile, frustrados depois de desperdiçar uma vantagem de 3 x 0 contra a Colômbia na sexta-feira, que terminou em um empate em 3 x 3, ressaltaram que lutarão para ganhar.

"Nós vamos dar tudo nesses 90 minutos", disse o defensor Gary Medel. "Estamos a um pequeno passo da Copa do Mundo ... Não vamos buscar um empate, ou arranjar qualquer coisa, vamos buscar os três pontos."

O Equador conseguiu uma vitória em casa por 1 x 0 sobre o Uruguai na sexta-feira e está perto de sua terceira Copa nas últimos quatro, depois de ficar fora em 2010.

Os quatro melhores times sul-americanos se classificam automaticamente para a Copa do Mundo. Argentina e Colômbia já garantiram suas vagas, enquanto o Uruguai parece resignado a enfrentar a Jordânia em duas partidas, em uma repescagem no próximo mês.

(Por Felipe Iturrieta)