Brasil vence Zâmbia por 2 x 0 com gols de Oscar e Dedé no 2º tempo

quinta-feira, 17 de outubro de 2013 09:32 BRT
 

15 Out (Reuters) - Com sete novidades no time titular, a seleção brasileira passou em branco no primeiro tempo do amistoso contra Zâmbia, mas foi resgatada na etapa final com a entrada do meia Oscar, que abriu caminho para a vitória por 2 x 0 nesta terça-feira, na China.

O meia do Chelsea, que entrou em campo no intervalo no lugar de Ramires, contou com um desvio da defesa em um chute da fora da área para encobrir o goleiro de Zâmbia, aos 13 minutos da etapa final, no estádio Ninho de Pássaro.

O Brasil ampliou sete minutos depois, numa cabeçada do zagueiro Dedé após cruzamento perfeito de Neymar numa cobrança de falta.

"Estou muito feliz com meu primeiro gol com a camisa da seleção. Meu sonho era fazer um gol. Eu coloquei esse jogo como o jogo da minha vida, estar na seleção representa muito para cada jogador", disse o zagueiro do Cruzeiro.

As entradas de Hulk e Jô, além de Oscar, no intervalo da partida deram à seleção brasileira a criatividade ofensiva que faltou no primeiro tempo, quando o time atuou com várias novidades em relação ao que venceu a Coreia do Sul por 2 x 0, no sábado, em Seul.

Alexandre Pato e Lucas, que começaram o jogo no ataque ao lado de Neymar, desperdiçaram uma boa oportunidade de impressionar o técnico Luiz Felipe Scolari contra a fraca defesa de Zâmbia --que ocupa apenas a 71ª colocação no ranking mundial-- e foram substituídos no intervalo.

Na segunda etapa, com a volta de alguns titulares usuais, o Brasil foi melhor e criou as oportunidades de marcar, a maioria com a participação de Oscar e Neymar, dupla que vem se destacando desde a conquista do título da Copa das Confederações, em junho.

A seleção brasileira voltará a campo em novembro para mais dois amistosos, contra Honduras e Rússia, ambos nos Estados Unidos. O jogo com Honduras, no entanto, está condicionado a classificação dos hondurenhos à Copa do Mundo de 2014. Se não se classificarem na partida desta terça-feira em jogo contra o México, o adversário será substituído.

O Brasil fará ainda mais um amistoso, contra a África do Sul, em março de 2014, antes da convocação final do técnico Felipão para o Mundial em casa.

Desde a volta do treinador ao comando do time, no fim do ano passado, o Brasil soma 11 vitórias, quatro empates e duas derrotas, com destaque para a conquista invicta do título da Copa das Confederações, quando time derrotou a campeã mundial Espanha na final disputada no Maracanã.

(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

 
Zagueiro Dedé comemora com Lucas Leiva após marcar o segundo gol do Brasil na vitória por 2 x 0 sobre Zâmbia, nesta terça-feira, em amistoso disputado em Pequim. 15/10/2013 REUTERS/Stringer