Dilma pede e Aldo Rebelo seguirá no Ministério do Esporte em 2014

sexta-feira, 18 de outubro de 2013 18:26 BRT
 

SÃO PAULO, 17 Out (Reuters) - O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, decidiu permanecer no cargo no ano que vem, após pedido da presidente Dilma Rousseff nesta quinta-feira, informou a pasta.

Dilma reuniu-se com Aldo no Palácio do Planalto um dia depois de o ministro afirmar que deixaria o posto para se candidatar nas eleições de 2014.

"Houve o pedido e ele abriu mão da candidatura e permanece no ministério", disse um assessor do Ministério do Esporte à Reuters.

O ministro, que é filiado ao PCdoB, tinha sido lançado pelo diretório estadual do partido em São Paulo como pré-candidato ao governo do Estado em 2014.

A ideia de Aldo era deixar o cargo em dezembro, quando completará o ciclo de entrega dos 12 estádios para a Copa do Mundo de 2014.

(Por Tatiana Ramil)