Em grande fase, Arsenal goleia e evoca seus dias de glória

domingo, 20 de outubro de 2013 18:19 BRST
 

Por Mike Collett

LONDRES, 19 Out (Reuters) - O Arsenal jogou com o estilo, o ritmo e a confiança de seus dias de glória sob o comando do técnico Arsène Wenger e goleou o Norwich City por 4 x 1 em casa, sublinhando suas credenciais ao título neste sábado.

Sem um título desde 2005, os chamados "Gunners" renovaram em seus torcedores as esperanças de que a seca chegue ao fim nesta temporada. Jack Wilshere e o reserva Aaron Ramsey marcaram gols extraordinários, e os outros dois saíram dos pés de Mesut Ozil, cujo contrato é um recorde do clube.

A vitória levou o Arsenal, temporariamente removido da liderança pelo êxito do Liverpool, de volta ao topo da tabela com 19 pontos de oito jogos, dois acima do Chelsea.

"Tivemos períodos nos quais fomos absolutamente extraordinários e períodos nos quais sofremos também, porque o Norwich jogou bem e é um bom time", disse Wenger à TV Sky Sports.

"Mas marcamos um primeiro gol fantástico, e os gols depois desse foram absolutamente magníficos. Aproveitamos o cansaço do Norwich nos 20 minutos finais de maneira muito calculada. Mas eles dificultaram para nós."

O Chelsea, que bateu o Cardiff City por 4 x 1 de virada, subiu para a segunda colocação com 17 pontos, acima do Liverpool no saldo de gols.

Tendo começado o dia na terceira colocação, o Chelsea saiu perdendo em seu próprio campo após um erro crasso de David Luiz na defesa que permitiu um gol de Jordan Mutch aos 10 minutos.

Com isso, Petr Cech, que fazia sua 300a partida na linha inglesa, não pode comemorar com uma vitória impecável, mas isso foi uma irritação menor diante dos três pontos conquistados.

Eden Hazard igualou ao 33 minutos depois de Samuel Eto'o roubar a bola do goleiro David Marshall enquanto ele a batia no chão. Eto'o, Oscar e Hazard confirmaram o resultado com os gols na etapa complementar.