October 30, 2013 / 3:39 PM / in 4 years

Comentários de Blatter sobre Cristiano Ronaldo provocam resposta irritada

4 Min, DE LEITURA

Presidente da FIFA, Joseph Blatter, fala durante entrevista coletiva em Havana, Cuba. Cristiano Ronaldo, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e o Real Madrid responderam com irritação aos comentários de Blatter, que pareceram zombar do Real e do atacante português. 17/4/2013.Enrique De La Osa

Por Iain Rogers

MADRI, 29 Out (Reuters) - Cristiano Ronaldo, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e o Real Madrid responderam com irritação aos comentários do presidente da Fifa, Joseph Blatter, que pareceram zombar do Real e do atacante português.

Blatter, que foi forçado pela reação a pedir desculpas enquanto insistiu que não cometeu nenhum desrespeito, foi perguntado na universidade de Oxford, na Inglaterra, na sexta-feira a respeito de sua opinião sobre Ronaldo e o melhor jogador do mundo Lionel Messi, do Barcelona.

O suíço de 77 anos disse que ambos eram atletas excepcionais, mas acrescentou que, ao contrário de Messi, Ronaldo parecia "um comandante no campo de jogo".

Ele então se levantou da cadeira e desfilou no palco em estilo militar numa aparente imitação do português.

"Um (Ronaldo) tem mais despesas com o cabeleireiro do que o outro, mas isso não importa", afirmou ele, provocando riso generalizado. "Eu não posso dizer quem é o melhor, mais uma vez haverá uma competição este ano - eu gosto dos dois, mas prefiro o Messi."

Ronaldo, que foi o último jogador a conseguir o prêmio de melhor do ano, em 2008, antes de o argentino Messi ganhar quatro na sequência, postou um link para um vídeo dos comentários de Blatter e uma resposta muito irônica em sua página no Facebook nesta terça-feira.

"Este vídeo mostra claramente o respeito e a consideração que a Fifa tem por mim, pelo meu clube e meu país", escreveu Ronaldo.

"Muita coisa está explicada agora. Desejo ao sr. Blatter saúde e uma longa vida, com a certeza de que ele vai continuar testemunhando, como merece, os sucessos de seus times e jogadores favoritos", acrescentou.

Sem Respeito

O presidente da FPF, Fernando Gomes, descreveu os comentários de Blatter como "impróprios e inadequados".

"Foi com surpresa que eu assisti e analisei as palavras de Joseph Blatter sobre o capitão da nossa seleção", disse Gomes em um comunicado.

"Eu acho que os comentários... mostram uma clara falta de respeito para com Ronaldo e Portugal, um país que vive o futebol intensamente."

Mais cedo, o técnico do Real, Carlo Ancelotti, afirmou que o presidente do clube, Florentino Pérez, tinha escrito a Blatter para pedir esclarecimento dos comentários, que, segundo o italiano, mostraram "uma falta de respeito a um jogador muito sério e muito profissional".

O Real depois publicou a carta de Pérez em seu site (www.realmadrid.com), assim como a resposta de Blatter.

Os comentários do chefe da Fifa foram "infelizes e inaceitáveis" e causaram "enorme decepção" para o clube e seus torcedores, escreveu Pérez.

A admissão de Blatter de que ele prefere Messi a Ronaldo também poderia afetar a votação para o prêmio de melhor jogador do ano, que deverá ser anunciado em janeiro, acrescentou o dirigente.

Blatter respondeu: "Eu quero deixar claro que para mim Cristiano Ronaldo está no mesmo nível de Messi e os dois são jogadores excepcionais, cada um à sua maneira", explicou.

"Lamento muito que essa situação esteja causando tanta dor e peço desculpas por isso. Nunca foi minha intenção irritar ou mostrar falta de respeito para com o Real Madrid, ou um de seus jogadores ou torcedores."

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below