Tunísia é suspensa da Copa Davis por um ano por boicote contra Israel

sábado, 2 de novembro de 2013 12:22 BRST
 

Por Ori Lewis

JERUSALÉM (Reuters) - A Tunísia foi suspensa da Copa Davis de 2014 depois que a federação de tênis do país ordenou seu jogador número um que não jogasse contra um israelense.

Malek Jaziri desistiu do torneio TashkentChallenger no mês passado antes de sua partida contra Amir Weintraub. O irmão de Jaziri disse aos repórteres que o tenista, 125º no ranking, recebeu a ordem de não comparecer à partida.

A Associação de Tenistas Profissionais não viu erro na atitude do tenista, mas a Federação Internacional de Tênis (ITF, na sigla em inglês) decidiu impor a suspensão.

"O Conselho de Diretores da ITF determinou que a Federação Tunisiana de Tênis violou a Constituição da ITF ao interferir com a prática esportiva internacional e ordenar ao tenista tunisiano Malek Jaziri que não disputasse contra o tenista israelense Amir Weintraub no Tashkent Challenger de 2013 em outubro", informou o organismo em um comunicado neste sábado.

Francesco Ricci Bitti, presidente da ITF, acrescentou: "Não há lugar para preconceito de nenhum tipo no esporte ou na sociedade. O Conselho da ITF decidiu enviar uma mensagem firme à Federação Tunisiana de Tênis de que este tipo de ação não será tolerada por nenhum de nossos membros".

A Tunísia, que jogou contra a Grã-Bretanha na Copa Davis de 2011, foi rebaixada do Grupo II, da Zona Europa/África, na atual temporada. Israel e Tunísia não têm quaisquer laços diplomáticos e suas relações já limitadas foram rompidas em 2000 pelos tunisianos após a erupção das hostilidades entre israelenses e palestinos na Cisjordânia e na Faixa de Gaza.