4 de Novembro de 2013 / às 14:27 / 4 anos atrás

Atlético de Madrid sublinha credenciais com vitória sobre o Bilbao no Espanhol

Jogador do Atlético de Madrid David Villa comemora gol contra o Athletic Bilbao em partida do Campeonato Espanhol, em Madrid. O Atlético de Madrid não hesitou no desafio aos pesos-pesados Barcelona e Real Madrid e, com gols de David Villa e Diego Costa, venceu o Athletic Bilbao por 2 x 0, em casa, pelo Campeonato Espanhol, neste domingo. 03/11/2013.Susana Vera

MADRI, 3 Nov (Reuters) - O Atlético de Madrid não hesitou no desafio aos pesos-pesados Barcelona e Real Madrid e, com gols de David Villa e Diego Costa, venceu o Athletic Bilbao por 2 x 0, em casa, pelo Campeonato Espanhol, neste domingo.

A vitória em um festivo Calderón, a 11ª do Atlético em 12 partidas na temporada, devolveu a diferença para o invicto líder Barça para um ponto e restaurou a vantagem de cinco para os rivais do Real Madrid, em terceiro.

O atual campeão Barça, que ganhou por 1 x 0 do Espanyol, no dérbi da Catalunha na última sexta-feira, tem 34 pontos, o Atlético soma 33, e o Real, que ganhou do Rayo Vallecano por 3 x 2, no sábado, está com 28.

Villa, que saiu do Barça para jogar no Atlético, abriu o placar aos 33 minutos do primeiro tempo com um belo voleio, e Costa alcançou um lançamento de Koke, sete minutos depois, e finalizou clinicamente para vencer o goleiro Gorka Iraizoz, do Bilbao.

Foi o 13° gol do brasileiro em La Liga, colocando-o na tabela de artilheiros ao lado do português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid.

O Bilbao, que não conseguiu acertar um chute ao gol, atuou nos últimos 10 minutos com um homem a menos após a expulsão de Erik Moran, por dois cartões amarelos, e continou em quinto, com 20 pontos.

O Valencia foi o último time além de Barcelona e Real Madrid a ser campeão de La Liga, em 2004. Desde então, apenas o Villarreal conseguiu se colocar entre os dois clubes mais ricos do mundo ao ficar em segundo, atrás do Real e à frente do Barça, em 2008.

Atlético tem menos de um quarto do orçamento de Real e Barça e um elenco limitado, mas o técnico argentino Diego Simeone transformou-o em um competidor genuíno ao título.

Eles também estão voando na Europa e ganharam os três jogos no Grupo G da Liga dos Campeões. Enfrentam o Austria Vienna, na próxima quarta-feira.

O Valencia encerrou uma sequência de três derrotas consecutivas e aliviou a pressão sobre o técnico Miroslav Djukic ao ganhar por 1 x 0 do Getafe.

Dorlan Pabon fez o único gol do jogo aos 41 minutos do primeiro tempo no estádio Coliseum.

O placar elevou os visitantes a nono lugar com 16 pontos em 12 partidas,enquanto o Getafe permaneceu em sexto, com 19.

"Estávamos em uma situação ruim, mas o time soube responder em um estádio difícil contra um time que está jogando bem", disse o meia Dani Parejo, do Valencia, à emissora de televisão Canal Plus.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below