Rússia enfrenta dificuldades para manter tocha olímpica acesa

terça-feira, 5 de novembro de 2013 15:08 BRST
 

Por Ian Bateson

MOSCOU, 5 Nov (Reuters) - A tocha olímpica foi para o Polo Norte e já viajou por milhares de quilômetros, num revezamento que terminará em fevereiro nos Jogos de Inverno de Sochi, na Rússia. O problema é que a chama volta e meia se apaga.

O presidente russo, Vladimir Putin, espera fazer dos Jogos uma vitrine para o mundo da moderna face da Rússia, depois de 23 anos da derrocada da União Soviética.

Mas os preparativos têm sido prejudicados por atrasos, estouros no orçamento e críticas sobre questões como a proibição da maioria dos protestos em Sochi e o tratamento dado aos imigrantes que trabalham na construção das instalações do evento e aos homossexuais na Rússia.

Acima disso, a mais longa trajetória da tocha na história foi interrompida várias vezes desde que Putin a acendeu diante do Kremlin, dando início ao revezamento, em 6 de outubro.

Minutos depois, a chama se apagou quando um ex-campeão soviético de natação atravessava uma ponte na área do Kremlin, num incidente transmitido ao vivo pela TV. Um guarda à paisana salvou o dia, acendendo-a novamente com um isqueiro.

A fabricante do isqueiro, a empresa Zippo, dos Estados Unidos, postou no Facebook uma foto do guarda acendendo a tocha, com uma mensagem no Twitter com a hashtag #ZippoSavestheOlympics, numa referência à marca. O Comitê Olímpico Internacional ameaçou processá-la, e a empresa logo removeu o post.

A chama se apagou pelo menos oito vezes nos primeiros seis dias do revezamento, segundo o canal independente de TV e Internet Dozhd.

De acordo com a jornalista Yulia Latynina, que vem acompanhando a trajetória da tocha por 65.000 quilômetros, o fogo se extinguiu pelo menos 44 vezes. A peça foi fabricada numa fábrica da Sibéria que produz submarinos que lançam mísseis balísticos.

"Uma tocha é bem mais simples do que um míssil - é um grande isqueiro de gás", disse Latynina à rádio Ekho Moskvy. "Pergunta: os nossos mísseis voam do mesmo modo que as tochas queimam?".

(Reportagem adicional de Steve Gutterman)