Blatter quer acabar com repescagens em eliminatórias da Copa

terça-feira, 5 de novembro de 2013 20:31 BRST
 

BERNA, 5 Nov (Reuters) - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, quer acabar com as repescagens em futuras edições das eliminatórias da Copa, sob o argumento de que esse é um jeito muito sofrido de ficar de fora do torneio.

Até agora, as disputas num sistema de grupos em que todos os adversários se enfrentam já resultaram na classificação de 20 equipes para a Copa de 2014, além do anfitrião Brasil. As 11 vagas restantes serão definidas neste mês, em repescagens com jogos de ida e volta.

Cinco disputas ocorrerão na África, entre os segundos colocados dos dez grupos da segunda fase. Na Europa, quatro disputas envolvem os melhores segundos colocados dos nove grupos. Haverá também duas repescagens intercontinentais (Jordânia x Uruguai e México x Nova Zelândia).

"Será um drama, porque você precisa eliminar os times agora em duas partidas", disse Blatter em entrevista em vídeo divulgada no site da Fifa.

"Acho isso bom para a televisão, isso é bom para o espetáculo do futebol, mas acho que devemos tentar encontrar uma solução onde no final das eliminatórias você esteja dentro ou fora, e não nessa repescagem."

Blatter disse também que a Fifa precisa ser "cuidadosa" sobre permitir que o Egito dispute a sua repescagem em casa, já que a rival Gana tem preocupações com a segurança.

(Por Brian Homewood)